brasília

Mourão vota em Brasília e fala em reforma da Previdência

General, vice de Bolsonaro, diz que primeira medida de eventual governo será um 'ajuste econômico'

Mateus Bonomi/Folhapress
General Mourão

‘A decisão será tomada pelo presidente (Bolsonaro)’, disse Mourão sobre continuidade do projeto de Temer

São Paulo – O general Hamilton Mourão (PRTB), vice da chapa de Bolsonaro (PSL), votou na manhã deste domingo (28), m uma escola na vila militar em Brasília. Ele defendeu a reforma da Previdência proposta por Michel Temer (MDB) e disse que a primeira medida de um eventual governo será um “ajuste econômico”.

“A decisão (sobre a Previdência) será tomada pelo presidente. Na minha avaliação, a (proposta de reforma) que está no Congresso hoje já seria um grande passo”, afirmou ele sobre o projeto do governo Temer para mudar as regras previdenciárias. 

Ele acredita que o eventual governo Bolsonaro teria cerca de 300 deputados para aprovar a reforma. “Tem que aproveitar a lua de mel para pregar os pregos (sic). Lua de mel de pobre é curta”, declarou sobre a necessidade de aprovar o que chamou de ajuste econômico rapidamente.

 

Leia também

Últimas notícias