Home Copa 2018 Embalada, Bélgica tenta confirmar favoritismo contra o Japão
copa do mundo

Embalada, Bélgica tenta confirmar favoritismo contra o Japão

Belgas e japoneses se enfrentam às 15h, em Rostov. Romelu Lukaku, o centroavante, volta ao 'Diabos Vermelhos'
Publicado por Redação RBA
13:24
Compartilhar:   
japa x bélgica.jpg

Ser um ‘azarão’ pode ser bom para os japoneses, que jogarão com menos pressão contra os belgas, favoritos no duelo

São Paulo – Dona da melhor campanha da Copa do Mundo da Rússia, a Bélgica vai a campo nesta segunda-feira (2), contra o Japão, para se confirmar como candidata ao título. Com o melhor ataque da fase de grupos, com nove gols, e sem perder há 22 jogos, os belgas tentam consolidar de vez a sua geração de jogadores, em Rostov, às 15h. Quem passar pelo duelo enfrenta o Brasil , que venceu o México e se classificou-se para a fase das quartas de final.

Autor de quatro gols em dois jogos, Romelu Lukaku, o centroavante dos “Diabos Vermelhos”, está confirmado no jogo, após ser poupado na partida contra a Inglaterra. Ele o é destaque do trio ofensivo da equipe, ao lado de Eden Hazard e Drien Mertens, que marcaram 19 tentos nas últimas dez partidas disputadas. 

Por conta das eliminações contra a Argentina, no Mundial de 2014, e na Eurocopa de 2016, contra o País de Gales, ambas nas quartas de final, o time belga possui um pouco de desconfiança. Porém, a boa campanha na primeira fase faz o time chamar a atenção dos adversários. 

Por outro lado, o Japão chega ao jogo com muita desconfiança. Eles conquistaram a classificação no critério disciplinar, eliminando Senegal, empatada no número de pontos. Os japoneses, únicos representantes asiáticos, fizeram uma primeira fase irregular: uma vitória, contra a Colômbia; um empate, contra Senegal; e uma derrota, diante da Polônia.

Entretanto, ser um “azarão” pode ser bom para os japoneses, que jogarão com menos pressão. “A Bélgica é melhor do que nós. No entanto, o Japão agora pode jogar com confiança. Não temos nada a perder”, disse o lateral Yuto Nagatomo, em entrevista coletiva neste domingo (1º).

Em três jogos na primeira fase, o Japão fez apenas quatro gols. A vitória contra a Colômbia foi “facilitada”, já que os sul-americanos tiveram um jogador expulso ainda aos três minutos do primeiro tempo. 

O melhor resultado da Bélgica em Copas foi o quarto lugar em 1986. Enquanto o Japão chega tenta superar seu melhor resultado em copas, onde chegou até as oitavas de final, em duas oportunidades (2002 e 2010).