Você está aqui: Página Inicial / Cidadania / 2018 / 02 / Com novo portal, CUT se lança para 'disputar a narrativa'

web cidadã

Com novo portal, CUT se lança para 'disputar a narrativa'

Entidade se diz pronta para "encarar a responsabilidade" de disputar o monopólio da informação com a chamada imprensa corporativa
por Redação RBA publicado 28/02/2018 14h37, última modificação 28/02/2018 15h33
Entidade se diz pronta para "encarar a responsabilidade" de disputar o monopólio da informação com a chamada imprensa corporativa
EDSON RIMONATTO (RIMA)
cut lançamento site.jpg

Site foi apresentado em Cajamar, em reunião da direção executiva

São Paulo – A CUT lançou nesta quarta-feira (28), em Cajamar (SP), durante reunião da direção executiva, o seu novo portal de notícias. De acordo com a entidade, a página tem desenho mais leve e moderno e permitirá aos internautas  um acesso mais direto às informações de interesse da classe trabalhadora, o que "valorizará o jornalismo sindical".

Além disso, a CUT destaca que o objetivo do novo portal é ser "um instrumento de resistência e luta" e dar uma resposta aos ataques contra os direitos dos trabalhadores, com espaço para "mais informação, reflexão e organização."

Para o presidente da central, Vagner Freitas, a entidade tem a grande responsabilidade de disputar a atenção da população com a chamada imprensa corporativa. "A mídia golpista foi um dos eixos do golpe no Brasil e a comunicação da CUT foi muito importante para fazer o contraponto, mostrar a verdade à classe trabalhadora, de que o golpe não foi contra um partido político, mas sim contra os direitos de todos os trabalhadores", afirma.

O secretário nacional de Comunicação da CUT, Roni Barbosa, explicou que a remodelação do portal é a primeira etapa da transformação da comunicação da central e destacou que as mudanças previstas vão além das estéticas. O novo portal está separado por editorias: Brasil, Trabalho, Economia, Cidadania, Internacional, Sociedade, Cultura e Opiniões.

"O novo portal da CUT se tornou o maior do mundo do trabalho no Brasil. Uma referência para as posições da classe trabalhadora e para toda a população, que quer informações de qualidade, fontes seguras e de credibilidade", destaca Roni.

O jornalismo escrito e audiovisual contará com o apoio da TVT e da Rede Brasil AtualNo novo site, os trabalhadores poderão compartilhar os conteúdos direto do portal, clicando nos ícones das redes sociais inseridos em cada uma das matérias.

REPRODUÇÃO site cut
O novo Portal está separado por editoriais: Brasil, Trabalho, Economia, Cidadania, Internacional, Sociedade, Cultura e Opiniões

registrado em: ,