Home Diário do Bolso Diário, hoje vou ter uma conversa muito séria com o Moro
Diário do Bolso

Diário, hoje vou ter uma conversa muito séria com o Moro

Quero ver o ministro botar a cabeça entre as mãos e sair lentamente. Poxa, eu pensei que ele era um paladino da justiça, mas ele só queria prender o Lula
Publicado por Fabio M Michel, da RBA
10:47
Compartilhar:   
Marcos Corrêa/PR

Que decepção.... parecia um sujeito honesto mas, no fundo, o Moro só queria mesmo era prender o Lula.

Diário, hoje eu vou ter uma conversa com o Moro. Acho que vai ser mais ou menos assim:

– Francamente, Ministro, como é que você pôde fazer uma coisa dessas?

– É que…

– Ser juiz e acusador ao mesmo tempo? Isso é muito errado.

– Do ponto de vis…

– Você parecia ser um cara honesto, mas só estava fazendo política baixa, usando o seu cargo para expulsar a esquerda e colocar a direita no poder.

– Não é bem ass…

– Você sugeriu fonte para o Dallagnol. Falou que operação ele devia fazer e qual devia fazer depois. Cadê a imparcialidade?

– É uma questão de…

– Olha, fiquei muito decepcionado. Pensava que você era um paladino da justiça, mas você só queria era prender o Lula.

– Não houve na…

– Nem adianta vir com conversa fiada. Não tem mais jeito. Como diria o Trump: Você está demitido!

Aí ele vai baixar a cabeça, botar a cabeça entre as mãos e ficar um tempo assim. Depois vai se levantar e andar lentamente até a porta. Mas então eu vou correr atrás dele, dar um tapão na sua bunda e dizer:

– Brincadeira, parça! Nós tamos juntos nessa! Foi pegadinha do Mallandro. Gluglu, ié, ié, kkkkkk!

– Poxa, capita, dessa vez você me enganou.

– Russo, deixa de ser bobo. Você acha que eu te chamei por quê? Foi justamente pelo que você fez. Porque contigo não tem esse negócio de politicamente correto. É inimigo abatido e ponto final. Fica tranquilo que eu não sou Luan Santana. Não tenho vergoinha, não. Comigo é juntos e shallow now!

– O senhor não se importa nem que a OAB tenha pedido meu afastamento?

– Se você quiser pedir pra sair, só pros caras não te encherem o saco, tudo bem. Mas, pra mim, OAB é que nem OB: coisa de pentelho.

– Poxa, presidente, nem sei o que dizer…