Você está aqui: Página Inicial / Copa 2018 / Crianças palestinas pedem que Messi não jogue amistoso em Israel

Protesto

Crianças palestinas pedem que Messi não jogue amistoso em Israel

"É lógico que Messi, o herói, venha a jogar em um estádio construído sobre os túmulos dos nossos antepassados?", questionam no documento
por Redação RBA publicado 04/06/2018 11h35
"É lógico que Messi, o herói, venha a jogar em um estádio construído sobre os túmulos dos nossos antepassados?", questionam no documento
Andre Borges/ComCopa/Fotos Públicas
Lionel Messi

Na carta, crianças explicam que são filhas de refugiados palestinos oriundos da região onde está o estádio

São Paulo – Uma mensagem assinada por 70 crianças palestinas foi enviada ao jogador argentino Lionel Messi pedindo que ele não jogue o amistoso marcado para o próximo sábado (9) entre a seleção do seu país e Israel, em Jerusalém.

“Disseram-nos que você vem jogar com os seus amigos em Al Malha, num estádio construído sobre a nossa aldeia”, diz a carta, referindo-se ao estádio Teddy Kollec, localizado na parte ocidental de Jerusalém, onde será realizada a partida. As crianças explicam que são filhas de refugiados palestinos oriundos da região onde está o estádio.

"Estimado Lionel Messi: Você é uma figura lendária do futebol com a qual todos sonhamos em ser iguais. Somos filhos de refugiados palestinos dos campos de refugiados de Qalandia, al Amari, Yalazón e Aida. Nossas famílias são originárias de Al Malha", diz o texto.

"É lógico que Messi, o herói, venha a jogar em um estádio construído sobre os túmulos dos nossos antepassados?", questionam no documento. "Nós, em nome de nossos amigos, oramos a Deus para que atenda nosso desejo de que Messi não parta nossos corações."

A mensagem foi entregue pelo presidente da Associação Palestina de Futebol (APF), Jibril Rajoub à representação diplomática da Argentina em Ramala, na Cisjordânia. Segundo ele, caso Messi participe da partida perderá o apoio de diversos torcedores da região. Ele negou ter incitado que fotografias do jogador ou camisetas da seleção argentina fossem queimadas, como divulgaram veículos locais, mas advertiu que esta pode ser uma das consequências da participação de Messi no amistoso.

Com informações de BBC e 20minutos