Confirmações

Lula anuncia Haddad na Fazenda e nomes da Defesa, Justiça, Casa Civil e Itamaraty. Assista

Lula confirma Rui Costa na Casa Civil, Múcio na Defesa, Dino na Justiça e Mauro Vieira nas Relações Exteriores. Acompanhe

Reprodução
Reprodução

São Paulo – O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva confirmou nesta sexta-feria (9) os primeiros nomes de sua equipe ministerial. Lula começou a entrevista confirmando o nome de Fernando Haddad para o Ministério da Fazenda – com objetivo de que este já comece a montagem de sua equipe econômica. Os nomes confirmados:

  • Fernando Haddad (PT) na Fazenda, que será recriada; a área econômica deve ser completada no início da semana, com os novos ministros do Planejamento e da Indústria e Comércio Exterior.
  • Rui Costa (PT), governador da Bahia, na Casa Civil.
  • José Múcio, ex-ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), considerado excelente articulador, na Defesa;
  • Flávio Dino (PSB-MA), senador eleito (PSB) e ex-governador do Maranhão, na Justiça, desmembrada da Segurança Pública;
  • Mauro Vieira, embaixador, será o ministro das Relações Exteriores.

O presidente eleito afirmou que na próxima semana deve apresentar “mais que o dobro” de nomes em relação aos de hoje. Lula disse que o futuro ministro do Planejamento será anunciado no início da semana e que este terá como perfil a capacitação técnica para a área e afinidade com Haddad na Fazenda.

Ele informou que à tarde voltará a se reunir com José Múcio para tratar da indicação dos comandantes das Forças Armadas.

O futuro ministro Flávio Dino antecipou também que o novo diretor-geral da Polícia Federal será Andrei Rodrigues. “Levamos em conta a necessidade da restauração da plena autoridade e da legalidade nas polícias”, disse. Dino disse que Rodrigues tem experiência comprovada, inclusive com atuação na Amazônia, que será estratégica para o futuro governo. “Experiência profissional, capacidade de liderar os contingentes e fazer com que a disciplina e a hierarquia voltem como valores fundantes de uma política de legalidade e de um Estado democrático de direito.”

Acompanhe a entrevista de Lula

O Gabinete de Transição, com 31 grupos temáticos correspondentes à estrutura ministerial do novo governo, programou para este domingo (11) a apresentação dos relatórios correspondentes a cada área.

A semana começa com agenda política movimentada. Na Câmara dos Deputados, o futuro governo acompanha atentamente a tramitação da PEC da Transição. A PEC 32, ou PEC do Bolsa Família, foi aprovada em dois turnos pelo Senado e precisa passar pelo mesmo processo na Câmara, onde requer 308 votos.

Na segunda-feira (12) Lula será diplomado pelo Tribunal Superior Eleitoral, sendo desse modo oficialmente reconhecido como presidente eleito e apto para a posse, marcada para 1º de janeiro.

Em breve mais informações



Leia também


Últimas notícias