soberania dos povos

Francia Márquez, Mujica e outras lideranças latino-americanas se reúnem em evento regional em Foz do Iguaçu

Jornada Latino-Americana e Caribenha de Integração dos Povos começa nesta quinta (22) e vai até sábado (24). Em debate, as ameaças à paz, o contexto econômico, político e cultural da região, os desafios e as propostas para o bem comum

Reprodução
Reprodução
A vice-presidenta da Colômbia, Francia Márquez, e o ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, estão entre as lideranças regionais confirmadas

São Paulo – Começa amanhã (22) e vai até sábado (24) a Jornada Latino-Americana e Caribenha de Integração dos Povos, evento que contará com a vice-presidenta da Colômbia, Francia Márquez, o ex-presidente uruguaio José Pepe Mujica e outras lideranças populares do continente. O evento será no Centro de Convenções de Foz do Iguaçu, no Paraná.

São esperados mais de 1.500 líderes e ativistas de organizações políticas, movimentos populares, sindicatos e partidos políticos. No centro do debate estarão questões como a soberania dos povos, as ameaças à paz, o contexto econômico, político e cultural e os desafios regionais.

Desde o ano passado, movimentos populares e sindicatos trabalham na organização do encontro que além de debater os rumos da política regional, ainda se propõe a construir a unidade em torno de uma plataforma político-programática para a integração dos povos da América Latina e do Caribe.

A Jornada é organizada pela Alba Movimientos, Assembleia Internacional dos Povos (AIP), Confederação Sindical das Américas (CSA), Organização Continental Latino-americana e Caribenha de Estudantes (Oclae) e Jornada Continental pela Democracia e Contra o Neoliberalismo. Participam também as universidades Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e da Federal da Integração Latino-Americana (Unila).

Programação

O momento considerado mais importante da Jornada será o ato político-cultural com autoridades governamentais e dirigentes populares, na sexta-feira (23 ), às 19h30. Haverá transmissão ao vivo pelos canais de YouTube dos organizadores.

A programação inclui ainda conferências nas manhãs dos dois primeiros dias sobre a crise global do capitalismo e as ameaças à soberania dos povos, e os desafios da integração na América Latina e no Caribe. No período da tarde, grupos de trabalho simultâneos, cujo objetivo é reunir experiências e propostas relacionadas à integração com base em grandes eixos temáticos.

A programação noturna incluirá evento cultural em solidariedade a Cuba, amanhã, e um festival latino-americano na sexta.

Leia também:

Redação: Cida de Oliveira, com Brasil de Fato Paraná


Leia também


Últimas notícias