Home Copa 2018 França x Argentina e Croácia x Dinamarca: novos duelos confirmados nas oitavas
Rússia 2018

França x Argentina e Croácia x Dinamarca: novos duelos confirmados nas oitavas

Com drama, como convém a um jogo da Argentina, time de Messi marca no final e consegue classificação. Nigerianos ficam de fora
Publicado por Redação RBA
17:21
Compartilhar:   
divulgação
rojo.jpg

Argentina passou para as oitavas de final: venceu a Nigéria com gol de Rojo no final. Messi foi autor do primeiro gol

São Paulo – Foi mais uma vez dramático, como convém a um jogo envolvendo a Argentina. Com um gol de Rojo no final, o time de Messi, autor do primeiro, venceu a Nigéria por 2 a 1 na tarde desta terça-feira (26) e conseguiu na unha a classificação para as oitavas de final. Moses, de pênalti, marcou para os africanos, que largaram bem no Mundial, mas perderam a vaga. No próximo sábado (30), às 11h (horário de Brasília), abrindo as oitavas, a Argentina enfrentará a França, em duelo de campeões mundiais.

A outra vaga do Grupo D é da Croácia. A seleção venceu a Islândia também por 2 a 1 e fechou sua participação na primeira fase com 100% de aproveitamento.

O empate mais cedo entre França e Dinamarca, por 0 a 0, garantiu a classificação das duas equipes para as oitavas, pelo Grupo C. Foi o primeiro jogo sem gols nesta Copa. Já classificados, os franceses pouparam  alguns dos principais jogadores, o que prejudicou o nível técnico da partida.

No outro jogo da chave, o Peru tirou as esperanças da Austrália e venceu por 2 a 0, com gols de André Carrillo e Paolo Guerrero. Eliminados, os sul-americanos, no Estádio Olímpico de Sochi, ao menos fecharam com uma vitória sua participação no Mundial, a primeira em 36 anos.

O último gol peruano em Copas havia sido marcado por Guillermo La Rosa na derrota por 5 a 1 para Polônia, no Mundial de 1982, na Espanha. Já a última vitória fazia mais tempo: um 4 a 1 sobre o Irã, em 1978. 

Além de França x Argentina, se enfrentarão no sábado, às 15h, Uruguai e Portugal. Croácia e Dinamarca jogam no domingo (1º), também às 15h, enquanto Rússia e Espanha brigam por uma vaga nas quartas às 11h.