Demografia

Pnad aponta maior concentração de pessoas que se declaram pardas na região Norte

Segundo pesquisa, dos 45% de brasileiros que se declaram pardos, 68% estão no Norte do país. As populações indígenas e amarelas representam apenas 0,8%.

São Paulo – O número de pessoas que se declaram pretas no Brasil chegou a 16,3 milhões em 2013, equivalente a 8,1% da população. A Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios (Pnad) de 2013, divulgada na manhã de hoje (18) pelo IBGE, revela o aumento de 0,2% da população que se autodeclara preta em relação ao ano anterior, além da correlação do mosaico de cores que compõe a população brasileira.

O número de pessoas que se declaram pardas manteve a proporção da pesquisa de 2012, 45% (90,6 milhões de brasileiros), e a população que se declara branca teve uma oscilação de 46,3% em 2012, para 46,1% em 2013, o que representa 93 milhões de pessoas. A Pnad mostra que as populações indígenas ou amarelas são a menor parcela da população, representam 0,8% dos brasileiros. Ou seja, 1,7 milhão de pessoas.

A maior proporção de população preta está no Nordeste: 9,7%; seguida pelo Sudeste, com 8,9%, e Norte, com 7,4%. No Centro-Oeste, 6,8% dos brasileiros se declaram pretos e no Sul 4,2%. A pesquisa também aponta que a maior proporção de brancos está no Sul do país, 77,1%, seguida pelo Sudeste, com 53,9%. No Centro-Oeste a proporção é 40,4%, no Nordeste 27,3% e no Norte 22,6%.

A região Norte, segundo a pesquisa, tem a maior concentração de pessoas que de declaram pardas, 68,1% e o Sul tem a menor, 18%.

Segundo a Pnad, a população brasileira foi estimada em 201,5 milhões de pessoas, sendo 51,5% mulheres, 46,1% brancos e 37,6% pessoas de 40 anos ou mais.

Leia também

Últimas notícias