Mais do mesmo

Ipec: em Minas Gerais, Zema lidera com 44%. Kalil vem em segundo

Em relação à pesquisa mais recente, ambos os candidatos variaram 2 pontos percentuais para cima, dentro da margem de erro

Divulgação
Divulgação
Kalil possui a preferência entre os moradores da Região Metropolitana de Belo Horizonte, com 36%. Zema, por sua vez, possui vantagem maior entre os homens (48%)

São Paulo – O instituto Ipec (antigo Ibope) divulgou nesta terça (30) nova pesquisa de intenções de votos para o governo de Minas Gerais ratificando a liderança de Romeu Zema (Novo). Ele aparece com 44% das intenções de voto na estimulada. O ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD), em segundo, marca 24%.

O cenário foi de pouca alteração em relação à pesquisa anterior, divulgada no dia 15. Ambos os candidatos principais registraram ligeiro crescimento, dentro da margem de erro, que é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. Na ocasião, Zema teve 40% das intenções de voto e Kalil, 22%.

Os dois mais bem posicionados são seguidos, de longe, por Carlos Viana (PL), com 3%. Cabo Tristão (PMB), Lorene Figueiredo (Psol) Marcus Pestana (PSDB), Renata Regina (PCB) e Vanessa Portugal (PSTU) marcaram todos 1%. Brancos e nulos somam 11%. Não souberam ou não quiseram opinar 13% dos eleitores.

Perfil do eleitor

Sobre o perfil do eleitorado, Kalil possui a preferência entre os moradores da região metropolitana de Belo Horizonte, com 36%. Zema, por sua vez, leva vantagem entre os eleitores homens (48%) e também entre os com renda familiar superior a cinco salários mínimos (55%).

Segundo turno

A pesquisa Ipec também avaliou a intenção de voto em relação a um possível segundo turno entre Zema e Kalil para o governo de Minas. O candidato do Novo teria, hoje, 52% dos votos e Kalil, 30%. Brancos e nulos somariam 10%. Outros 9% não souberam ou não responderam.

Senado

Para a única cadeira em disputa no estado para o Senado, Cleitinho (PSC) lidera com 15% das intenções de voto, seguido por Alexandre Silveira (PSD), com 10%. Marcelo Aro (PP), com 5%, vem depois, seguido por Pastor Altamiro Alves (PTB), Sara Azevedo (Psol) e Bruno Miranda (PDT), todos com 4%. Irani Gomes (PRTB) tem 2% e Dirlene Marques (PSTU), 1%. Brancos e nulos somam 19%. E 35% afirmam não saber ou não quiseram responder.

A pesquisa, encomendada pela TV Globo, ouviu 1.504 pessoas em entrevistas presenciais entre sábado e ontem (27 a 29). O nível de confiança é de 95%. A análise está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob código MG‐09592/2022.


Leia também


Últimas notícias