Vitória

Riani, de 99 anos, líder do antigo CGT, recupera-se da covid-19 e recebe alta

Sindicalista do setor elétrico e ex-deputado, Clodesmidt Riani está “lúcido e com melhora clínica progressiva”, segundo o hospital

Assessoria Hospital Unimed Juiz de Fora
Aplaudido pela equipe do hospital, Riani vai continuar o tratamento em casa

São Paulo – Aplaudido e batendo palmas em retribuição, o ex-deputado e ex-sindicalista Clodesmidt Riani teve alta na tarde desta quinta-feira (30) do Hospital Unimed, em Juiz de Fora (MG). Ele estava internado desde o dia 21, por causa da covid-19. Agora, aos 99 anos, “lúcido e com melhora clínica progressiva”, continuará recebendo cuidados em casa. Na saída, estava acompanhado de um de seus 10 filhos.

Liderança vinda do setor elétrico, Riani comandou a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI). Também foi um dos principais nomes do Comando Geral dos Trabalhadores (CGT), formado em 1962 e extinto após o golpe de 1964. Foi um dos primeiros nomes na lista dos cassados.

Deputado estadual nos anos 1950 pelo PTB e no período de “abertura” pelo PMDB, Riani é um remanescente do CGT, cuja base era formada por dirigentes de confederações – ligados, basicamente, ao PTB e ao PCB. Ele completará 100 anos em 15 de outubro.