Home Trabalho Contra ‘reforma’ da Previdência, CUT lança site para pressionar deputados
Na Pressão

Contra ‘reforma’ da Previdência, CUT lança site para pressionar deputados

Pela plataforma, é possível enviar mensagens pelas redes sociais para que votem contra proposta do governo Bolsonaro que restringe acesso às aposentadorias
Publicado por Redação RBA
09:40
Compartilhar:   
Divulgação/CUT
Na Pressão

Pelo Na Pressão, também é possível compartilhar a posição dos parlamentares nas suas próprias redes sociais

São Paulo – Para pressionar deputados a votar contra a “reforma” da Previdência do governo Bolsonaro, a CUT lançou nesta quarta-feira (1º), Dia do Trabalhador, a campanha “Querem Roubar Sua Aposentadoria”, com a plataforma de participação popular Na Pressão. A ferramenta já estava em funcionamento e foi atualizada, de modo a agilizar o acesso dos eleitores aos parlamentares.

Por meio da plataforma, o cidadão pode enviar mensagens pelo WhatsApp, Facebook, Twitter e por e-mail para parlamentares que se manifestarem a favor da proposta que eleva o tempo de contribuição e a idade mínima, além de reduzir os valores das aposentadorias. Também é possível apoiar os deputados contrários a proposta, além de divulgar nas suas próprias redes sociais o posicionamento dos representantes.

“Vamos usar esta ferramenta para pressionar os parlamentares para que a gente derrote essa reforma que nada mais é do que o fim da aposentadoria no país”, diz o secretário de Comunicação da CUT, Roni Barbosa, convocando os trabalhadores e toda a sociedade a participarem da mobilização.

Nesta semana, a Câmara instalou a comissão especial que vai tratar do projeto de reforma, presidida pelo deputado Marcelo Ramos (DEM-RJ). A relatoria ficou com Samuel Moreira (PSDB-SP). Para deter a tramitação, as centrais sindicais convocaram greve geral para 14 de junho.

Confira reportagem da TVT sobre o 1º de Maio