Home Trabalho Número de sindicalizados aumentou em 2015, mas participação é pequena
Mundo do trabalho

Número de sindicalizados aumentou em 2015, mas participação é pequena

São 18,4 milhões de trabalhadores associados, 19,5% dos ocupados, maior taxa desde 2004
Publicado por Redação RBA
14:15
Compartilhar:   
FOTOS PÚBLICAS
assembleia metalurgicos.jpg

50,8% dos entrevistados decidiram se associar por acreditar que os sindicatos defendem os direitos dos trabalhadores

São Paulo – O número de trabalhadores associados a sindicatos cresceu 11,4% de 2014 para 2015, embora o total de ocupados tenha diminuído (-3,8%), segundo o IBGE. De 94,395 milhões de ocupados no país, 18,414 milhões são sindicalizados (1,9 milhão a mais), 19,5% do total, a maior taxa desde 2004. Mas a pesquisa divulgada nesta quarta-feira (26) indica ainda pequena participação nas atividades sindicais.

Segundo a pesquisa, pouco mais da metade (50,8%) decidiram se associar por acreditar que os sindicatos defendem os direitos dos trabalhadores. Porém, 79,1% responderam que não usavam os serviços dos sindicatos e 81,8% não participam das atividades.

Entre os que participavam, 76,8% iam a assembleias, aproximadamente um terço estavam em manifestações e 56,3% iam em palestras, cursos ou debates. 

Dos 83,1 milhões de trabalhadores não sindicalizados em 2015, o principal motivo para não se associar era o desconhecimento do sindicato representativo de sua categoria. Essa foi a resposta de 26,4% dos entrevistados. Para 23,6%, não interessavam os serviços prestados pela entidade. Outros 16,6% falaram em descrédito do sindicato ou entendimento de que a entidade não representava seus interesses. E 11,8% disseram que não sabiam como se associar.