Home Trabalho Trabalhadores da EBC entram em greve
pública

Trabalhadores da EBC entram em greve

Publicado por Agência Brasil
Trabalho
Compartilhar:   
CUT Brasília
EBC

Trabalhadores da EBC pedem correção da inflação, mais aumento linear de R$ 450 e reajuste nos vales

Brasília – Os trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) entraram em greve nesta terça-feira (10). Depois de semanas de negociação, empresa e sindicatos não chegaram a um consenso sobre o novo acordo coletivo. Os trabalhadores pedem correção salarial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), acrescida de um aumento linear nos salários de R$ 450 e reajuste dos tíquetes refeição e alimentação pelo IPCA mais 4,25%, além de três tíquetes extras durante o ano. A empresa ofereceu 3,5% de reajuste.

A proposta da empresa foi anunciada durante a sétima reunião do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), realizada nesta segunda-feira (9), em Brasília, entre a Comissão de Negociação da EBC e os representantes das entidades sindicais e a Comissão de Empregados. Depois de ter recebido um aviso de greve na sexta-feira passada, a empresa comunicou o ingresso de pedido de dissídio coletivo no Tribunal Superior do Trabalho (TST),

Em nota, a EBC afirmou que recebeu o comunicado sobre a greve que seria deflagrada nesta terça, quando as negociações ainda estavam em curso. “Diante da sinalização das lideranças de que a proposta não seria aceita, não restou outra opção à empresa a não ser ingressar com pedido de dissídio coletivo junto ao Tribunal Superior do Trabalho (TST). A direção da EBC lamenta a deflagração da greve e mantém sua disposição para encontrar uma solução negociada”, disse a empresa na nota.

O diretor do Sindicado dos Jornalistas do Distrito Federal (SJDF), Gésio Passos, disse que será encaminhada à empresa uma solicitação de retorno da mesa de negociação para discutir as cláusulas sociais. “Temos quase 40 cláusulas sociais ainda em aberto, esperando um retorno da empresa sobre a posição dos trabalhadores. Estamos em greve porque achamos a proposta da empresa ruim em cláusulas econômicas, mas estamos dispostos a negociar”, afirmou.

registrado em: ,