Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2014 / 02 / Sindicalistas de Brasil e Suécia formalizam acordo na fabricação de caças

cooperação

Sindicalistas de Brasil e Suécia formalizam acordo na fabricação de caças

Em dezembro, a empresa sueca Saab formalizou contrato com o governo brasileiro para instalação da fábrica na região do ABC paulista
por Redação RBA publicado 20/02/2014 11h53, última modificação 20/02/2014 12h45
Em dezembro, a empresa sueca Saab formalizou contrato com o governo brasileiro para instalação da fábrica na região do ABC paulista
ifmetal.jpg

Anders Ferbe, presidente do IF Metall: “O nosso papel é garantir os direitos fundamentais dos trabalhadores"

São Paulo – A Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM-CUT), o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e o IF Metall, sindicato da categoria na Suécia, assinaram ontem (19), em São Bernardo do Campo, um acordo de cooperação sindical. A parceria será no desenvolvimento, produção e comercialização dos caças supersônicos Gripen, da empresa sueca Saab.

O acordo respeita as normas da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Em dezembro do ano passado a aeronáutica formalizou contrato com o governo brasileiro para instalação da fábrica de caças, em São Bernardo do Campo, e a venda de 36 aviões.

O presidente do IF Metall, Anders Ferbe, afirmou que o papel da fábrica é garantir que os trabalhadores, tanto do Brasil como da Suécia, tenham condições de trabalho dignas e justas. A afirmação foi feita em reportagem realizada pela TVT, ontem (19), durante a formalização do acordo.

De acordo com o presidente da CNM-CUT, Paulo Cayres, o compromisso entre as partes é garantir melhores condições de trabalho, dentro do conceito de trabalho decente. Para ele, a transferência de tecnologia vai possibilitar a qualificação dos trabalhadores brasileiros.

Assista à reportagem da TVT: