Negociação

No sexto dia da greve dos petroleiros, Petrobras apresenta nova proposta

Sindicalistas estão reunidos para avaliação. Proposta deve ser levada para votação em assembleias amanhã

Tânia Rêgo/Agência Brasil
petroleiros

Aumento real de 5% e criação de um fundo garantidor para terceirizados estão entre as reivindicações

São Paulo – No sexto dia de paralisação nacional dos petroleiros, a Petrobras apresentou nova proposta aos trabalhadores, em reunião realizada hoje (22). O índice ainda não foi divulgado. O Conselho Deliberativo da Federação Única dos Petroleiros, que reúne representantes da entidade e dos sindicatos filiados, está reunido para avaliação. A proposta deve ser levada a votação em assembleias dos trabalhadores amanhã (23).

Ontem, os sindicalistas rejeitaram ainda na mesa de negociação outra proposta para renovação do acordo coletivo de trabalho, que subia de 7,68% para 8% o reajuste na tabela de remuneração mínima da empresa. Entre as reivindicações dos trabalhadores, que têm data-base em 1º de setembro, estão aumento real (acima da inflação) de 5%, melhorias em saúde, segurança, criação de um fundo garantidor para terceirizados, mudanças no pagamento de horas extras e auxílio-farmácia.