Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2013 / 05 / Professores estaduais em greve vão reapresentar pauta para forçar negociação

Greve

Professores estaduais em greve vão reapresentar pauta para forçar negociação

Apeoesp alega que secretário de Educação, Herman Voorwald, tem se mostrado intransigente. Secretário diz que sindicato recusa diálogo
por Raimundo de Oliveira publicado 07/05/2013 19h16, última modificação 07/05/2013 19h31
Apeoesp alega que secretário de Educação, Herman Voorwald, tem se mostrado intransigente. Secretário diz que sindicato recusa diálogo
Negociação

Apeoesp também lançou um abaixo-assinado online pedindo que secretaria negocie reivindicações salariais (Foto: Arquivo/ABr)

São Paulo – Os professores da rede estadual de ensino de São Paulo, cuja pauta de reivindicações foi entregue ao governo no início de abril, vão protocolar novamente o documento quinta-feira (9), ao meio-dia, na Secretaria da Educação, no centro da capital. A categoria está em greve desde o último dia 19 por reajuste salarial de 36,7%. O governo propõe 8,1%.

Segundo o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), o secretário de Educação, Herman Jacobus Cornelis Voorwald, não tem demonstrado disposição em negociar com o sindicato e a reapresentação da pauta seria uma forma de fazer com que ele receba os dirigentes na secretaria. A Apeoesp registrou hoje um abaixo-assinado online, no site peticaopublica.com.br, para coletar apoio e pressionar a negociação. 

Em nota divulgada na sexta-feira (3), a secretaria acusou o sindicato de intransigência em negociar. Afirmou que no dia 25 de abril foi proposta parceria com a Apeoesp para realizar estudo da situação dos professores, mas que não houve resposta por parte dos sindicalistas.

Nesta quinta-feira, a Apeoesp realiza assembleias regionais no estado para discutir o rumo da greve. Na sexta-feira, a partir das 14h, com o mesmo objetivo, será feita assembleia geral no vão livre do Masp, na capital.

registrado em: , ,