Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 06 / Metalúrgicos da CUT em São Paulo iniciam campanha salarial com ato na Fiesp

Metalúrgicos da CUT em São Paulo iniciam campanha salarial com ato na Fiesp

por Redação da RBA publicado , última modificação 29/06/2012 20h05

Biro Biro, da federação dos metalúrgicos: pauta entregue aos grupos patronais (Foto: Tadeu Italiani/divulgação)

São Paulo – Sindicatos de metalúrgicos de São Paulo ligados à CUT iniciaram hoje (29) a campanha salarial com ato em frente à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Trabalhadores e representantes de 14 sindicatos filiados à Federação dos Sindicatos Metalúrgicos da CUT-SP (FEM) participam da manifestação na avenida Paulista, região central da capital.

Os sindicalistas farão a entrega da pauta aos grupos patronais que compõem o ramo metalúrgico:  grupo 2 (máquinas e eletrônicos), grupo 3 (autopeças, forjaria, parafusos), grupo 8 (trefilação, laminação de metais ferrosos, refrigeração, equipamentos ferroviários, rodoviários entre outros), grupo 10 (setores de lâmpadas, equipamentos odontológicos, iluminação, material bélico entre outros), fundição e estamparia. Os grupos reúnem 200 mil trabalhadores em todo o estado. Nas montadoras, não haverá negociação, já que o acordo econômico fechado em 2011 é válido para dois anos.

Com data-base em 1º de setembro, os trabalhadores reivindicam reajuste com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), aumento real, valorização dos pisos, redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução no salário e ampliação da licença-maternidade de 120 dias para 180 dias.

"Vamos iniciar a nossa campanha e é fundamental a união e o envolvimento de todos os nossos sindicatos. Com certeza, sairemos vitoriosos”, disse o presidente da FEM-CUT, Valmir Marques, o Biro Biro.

registrado em: , , , , , ,