Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 05 / Servidores federais fazem dia nacional de luta contra falta de negociação

Servidores federais fazem dia nacional de luta contra falta de negociação

por Redação da RBA publicado , última modificação 17/05/2012 15h48

São Paulo – Servidores públicos federais realizam hoje (17) o Dia Nacional de Lutas com paralisação. Eles já haviam parado as atividades no dia 25 de abril. De acordo com entidades representantes da categoria, o protesto é consequência das respostas negativas do governo às reivindicações de melhor remuneração e condições de trabalho.

Entre as principais exigências dos servidores estão o estabelecimento de uma política salarial com reajuste de 22,8% e a retomada do Projeto de Lei 2203/11, que prevê o reajuste de gratificações de diferentes categorias. Ontem (16), os trabalhadores reuniram-se com representantes do Ministério do Planejamento. Porém, nenhuma reivindicação foi atendida, e proposta da mobilização se manteve.

Além da política salarial permanente com reposição inflacionária, os servidores pedem cumprimento por parte do governo dos acordos já firmados, reajuste também dos benefícios, paridade entre funcionários ativos, aposentados e pensionistas e definição da data-base. A categoria protesta contra reformas que possam retirar o direito dos trabalhadores e dos projetos de lei em tramitação no Congresso que vão contra os interesses dos servidores.

Em carta divulgada no site, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), afirma que houve várias tentativas de negociação com o governo, sem sucesso. "Apesar das constantes tentativas de buscar avanços nas negociações em curso no Ministério do Planejamento, o discurso que predomina é o da austeridade", diz a nota.

Segundo o secretário-geral da Condsef, Josemilton Costa, não há previsão para nova negociação com a pasta. "Ainda estamos na mesma, e estamos aguardando os efeitos deste nosso movimento", disse. Os balanços sobre a adesão da paralisação devem sair ao final do dia.