Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 05 / Bancários param oito agências do Itaú no ABC contra demissões

Bancários param oito agências do Itaú no ABC contra demissões

por Redação da RBA publicado , última modificação 17/05/2012 17h58

São Paulo –  O Sindicato dos Bancários do ABC parou hoje (17) oito agências do Itaú Unibanco em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, em protesto contra a demissão de 80 dos 1.900 funcionários do banco na região, de janeiro a abril. Em igual período no ano passado, 44 foram demitidos. Em número de homologações locais em 2012, a empresa ganha do Bradesco, com 33, e do Santander, com 27.

Segundo a diretora da entidade Adma Gomes, o sindicato orientou funcionários e clientes. "O bancários do Itaú, além de enfrentar diariamente o medo da demissão, têm de conviver com o acúmulo de funções e assédio moral", disse. No último dia 11, o sindicato parou as agências do Itaú no centro de Santo André, também no ABC.

As demissões promovidas pelo banco também provocam protestos da categoria em outros estados. De acordo com o sindicato, o Itaú fechou 4.400 postos de trabalho em 2011, ano em que teve o maior lucro da história dos bancos brasileiros, segundo dados da consultoria Economática: R$ 14,6 bilhões, resultado 12,4% maior do que em 2010. 

registrado em: ,