Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 04 / Governo do Distrito Federal suspende negociação com professores em greve

Governo do Distrito Federal suspende negociação com professores em greve

por Redação da RBA publicado 26/04/2012 20h23, última modificação 26/04/2012 20h33

São Paulo – O governo do Distrito Federal (GDF) suspendeu a negociação e todas as propostas feitas aos professores da rede pública em greve, após a ocupação da sede da Secretaria de Administração Pública na manhã de hoje (26). Em nota, o governo informou que, "diante da radicalização inaceitável do Sindicato dos Professores (Sinpro-DF), novas negociações só serão feitas após o fim da greve". O GDF também conseguiu na Justiça a reintegração de posse das dependências da secretaria. 

Segundo o diretor jurídico do Sinpro, Washington Dourado, os cerca de 80 professores que ocupam o local sairão ainda hoje de forma pacífica. “Os professores só ocuparam o local para pressionar o governo que cancelou ontem (25), reunião de negociação, sem agendar nova data”. Ele criticou a ação do GDF, “porque em momento algum houve ou haverá deterioração do patrimônio público”.  “Todas as ações são de preservação, até porque somos professores”, disse.

Para Dourado, a suspensão das negociações e a retirada dos professores da Secretaria de Administração só reforçam a revolta dos professores com o governo distrital.

Amanhã (27), nova assembleia decide o rumo da paralisação que completou hoje 46 dias.

Com informações da Agência Brasil