Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 03 / Trabalhador da Fundação Casa adia greve à espera de contraproposta

Trabalhador da Fundação Casa adia greve à espera de contraproposta

por Redação da RBA publicado 19/03/2012 18h22, última modificação 19/03/2012 19h32

São Paulo – Os trabalhadores da Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Fundação Casa), instituição vinculada à Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo, desistiram de entrar em greve amanhã (20) depois de uma rodada de negociação entre representantes da entidade e do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades de Assistência e Educação à Criança ao Adolescente e à Família do Estado de São Paulo (Sitraemfa), no último sábado (17), em que houve alguns avanços.

Agora, as partes voltarão a se reunir no próximo sábado (24), quando a Fundação deve apresentar uma contraproposta aos trabalhadores. Entre as principais exigências, estão reajuste salarial, contratação de mais servidores e melhores condições de trabalho. De acordo o presidente da Sitraemfa, Júlio Alves, a Fundação Casa aceitou reduzir a jornada de trabalho dos psicólogos e técnicos da área da saúde de 40 para 30 horas semanais. 

O sindicalista avisou que se a negociação não avançar, os trabalhadores vão parar no próximo dia 27.

registrado em: