Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2012 / 03 / Acordo na Justiça pode por fim a greves nas hidrelétricas do PAC em Rondônia

Acordo na Justiça pode por fim a greves nas hidrelétricas do PAC em Rondônia

por Amanda Cieglinski, da Agência Brasil publicado , última modificação 31/03/2012 13h08

Brasília – Trabalhadores e representantes das empresas construtoras das usinas hidrelétricas Jirau e Santo Antônio, no Rio Madeira, chegaram a um acordo na audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 14ª Região, no fim da noite de sexta-feira (30). A proposta ainda precisa ser aprovada pelos trabalhadores em assembleia marcada para a manhã de segunda-feira (2).

Os operários dos canteiros de obras das usinas estão em greve para reivindicar melhores salários e condições de trabalho. Em Jirau, as obras estão paradas desde o dia 12 de março e, em Santo Antônio, desde o dia 20.

No acordo, as empresas comprometem-se a antecipar R$ 220 de cesta básica e antecipação salarial de 7% para os trabalhadores que ganham até R$ 1,5 mil de salário-base e o valor de R$ 200 de cesta básica e antecipação salarial de 5%, para os trabalhadores que recebam acima de R$ 1,5 mil reais de salário-base.

Até o dia 10 de abril próximo, as empresas repassarão os pagamentos dos dias que foram descontados referente ao mês de março de 2012, no período de paralisação. 

No acordo firmado na Justiça Trabalhista, os trabalhadores também conseguiram comprometimento das empresas a pagar, até 10 de abril, os dias que foram descontados dos funcionários no mês de março, enquanto a greve estava em curso.

Para que os trabalhadores recebam o benefício, no entanto, a condição estabelecida é o retorno imediato ao trabalho. O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil do Estado de Rondônia comprometeu-se a defender a proposta na assembleia de segunda-feira. Se for aprovada, o retorno às atividades será imediato. Caso os trabalhadores não aceitem o acordo, as negociações voltam ao ponto zero.

Operação inicial

A Usina Hidrelétrica Santo Antônio iniciou na última sexta-feria (30) a geração comercial de energia, com a entrada em operação de duas turbinas do tipo bulbo que estão conectadas ao Sistema Interligado Nacional (SIN).  Cada turbina tem capacidade para gerar até 71,6 megawatts, suficientes para atender a cerca de 350 mil residências. 

A greve dos trabalhadores da usina não afetou o acionamento das turbinas, de acordo com a assessoria de imprensa da empresa, porque os testes já estavam sendo feitos desde dezembro do ano passado.

Com reportagem do Rondoniaaovivo