Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2009 / 12 / Professores do RS entram em greve dia 15

Professores do RS entram em greve dia 15

Professores da rede estadual deliberaram pela greve por tempo indeterminado. Trabalhadores querem retirada de projetos que modificam plano de carreira
por Bianca Costa publicado , última modificação 10/12/2009 12h11
Professores da rede estadual deliberaram pela greve por tempo indeterminado. Trabalhadores querem retirada de projetos que modificam plano de carreira

Porto Alegre (RS) – Os trabalhadores em educação da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul decidiram entrar em greve a partir da próxima terça-feira (15). Os professores aceitaram a proposta do Conselho Geral do Cpers em assembléia geral que ocorreu no Ginásio Gigantinho nesta quarta-fgeira. Cerca de cinco mil professores decidiram entrar em greve até que o governo do estado retire da Assembléia Legislativa a proposta que modifica o plano de carreira da categoria.

Caso o governo arquive os projetos, uma nova assembléia será convocada a partir do dia 15 para avaliar se a greve continua. A presidente do Cpers, Rejane de Oliviera, afirma que a partir do dia 15 de dezembro começa um acampamento em frente ao Palácio Piratini para pressionar o governo e os deputados.

“Dia 15 nós estaremos então em Porto Alegre com um ato público em frente ao Palácio (Piratini), onde nós vamos instalar o acampamento na Praça da Matriz e fazer uma pressão para o governo retirar o projeto e também dialogar com os deputados para que eles não aprovem o projeto na Assembléia Legislativa”, afirma.

Depois da assembléia, os professores saíram em marcha pela Av. Borges de Medeiros e se concentraram em frente ao Palácio Piratini para protestar contra os projetos.

Fonte: Agência Chasque

registrado em: , , ,