Você está aqui: Página Inicial / Trabalho / 2009 / 06 / Trabalhadores de Furnas voltam à atividade nesta quarta

Trabalhadores de Furnas voltam à atividade nesta quarta

Depois de 48h de braços cruzados, sindicato cobram pendências do acordo coletivo da categoria e ameaçam nova paralisação
por anselmomassad publicado , última modificação 23/06/2009 15h26
Depois de 48h de braços cruzados, sindicato cobram pendências do acordo coletivo da categoria e ameaçam nova paralisação

Os trabalhadores de Furnas voltam ao trabalho à meia noite desta quarta-feira (24), depois de 48h de paralisação em todo o país. Apenas 30% do efetivo foi ao trabalho, o mínimo para manter os serviços essenciais em funcionamento. Caso a direção da estatal não se disponha a negociar, a entidade promete uma nova greve de 72h a partir de 6 de julho.

O objetivo do protesto é exigir o cumprimento de pendências relacionadas ao Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), estabelecidos no acordo coletivo da categoria.

As unidades de Ibiúna, Tijuco Preto, Mogi das Cruzes, Cachoeira Paulista, Guarulhos e o escritório de São Paulo concentram 500 funcionários, responsáveis pelo abastecimento de energia da maior parte de São Paulo e Rio de Janeiro.

Até o momento, segundo o o Sindicato dos Eletricitários de São Paulo, não houve avanços nas negociações.

registrado em: ,