Tag: fascistas

Um pouco de leveza

Repercussão anima criadoras do PTinder: ‘Galera quer se encontrar, resistir e não surtar’

Aplicativo quer promover encontros em bares, praias, livrarias, lajes, manifestações. "Brincar um pouco, de forma séria, e enfrentar esse momento de forma mais leve"
liberdade

Após ameaças de bolsonaristas, antifascistas marcham na USP

Movimentos de extrema-direita marcaram ato para provocar estudantes que não concordam com ideias extremistas do presidente eleito. Diretoria da FFLCH fechou os portões apenas para alunos
#ELENÃO

Torcidas do Grêmio e do Vitória também se manifestam contra Bolsonaro

“Há uma incompatibilidade intransponível entre defender o bem-estar da sociedade e votar em torturador”, diz trecho da nota da torcida Os Imbatíveis, do time baiano
Defesa da democracia

Palmeirenses assinam manifesto contra o fascismo

'Não podemos tolerar ameaça a instituições democráticas', diz texto assinado por coletivos de torcedores e nomes como Maria Gadú, Marco Ricca, João Gordo, Wilson Simoninha, Nicolelis e Belluzzo
Pela democracia

Ato final da Caravana de Lula reúne esquerda em luta contra escalada fascista

'Temos que denunciar a violência e o ódio fascista e defender o processo eleitoral. Por que, para nós, a democracia é uma arma', disse Dilma Rousseff
Agressões

Lula: ‘Espero que as pessoas estejam mais civilizadas’ durante a campanha

Apesar dos incidentes violentos, Caravana de Lula segue para encerramento em Curitiba, conforme o previsto. Gleisi diz que agressões podem ser 'prenúncio' do que pode ocorrer até as votações de outubro
Democracia atacada

Um AI-5 em câmera lenta ameaça o Brasil

Globo cumpre papel central na radicalização do golpe. Dá apoio a Temer para aprovar as “reformas”. E dá cobertura a Moro (e a qualquer guarda da esquina do Judiciário) que invista contra Lula

‘Estamos vivendo espetacularização fascista e mídia e Judiciário estão apodrecidos’, diz Tiburi

A intolerância política tem provocado uma série de agressões contra pessoas que defendem o estado democrático de direito no país. O ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi hostilizado num hospital. O ex-secretário de Direitos Humanos de São Paulo, Eduardo Suplicy, foi ofendido numa livraria. A senadora petista Gleisi Hoffmann, foi vaiada num aeroporto. O secretário de saúde da prefeitura de São Paulo, Alexandre Padilha, foi agredido verbalmente num restaurante. Na última sexta-feira (22/04), o ator José de Abreu, filiado ao PT, também foi alvo de agressões num restaurante e reagiu com uma cusparada. A mesma reação que o deputado Jean Wyllys, do PSOL do Rio de Janeiro, teve após ouvir insultos do deputado Jair Bolsonaro, do PSC carioca, que homenageou o torturador Carlos Alberto Ustra, durante votação do processo de impeachment na Câmara Federal. E no último domingo (24/04) o jornalista Pio Redondo perdeu três dentes após ser agredido por pessoas acampadas em frente ao prédio da Fiesp que defendem o impeachment de Dilma Rousseff. A intolerância constatada nesse período de crise política no país é analisada pela filósofa Marcia Tiburi, autora do livro “Como conversar com um fascista”. A repórter Marilu Cabañas conversa com a filósofa que fala direto da Suécia onde lança essa publicação. Foto: Simone Marinho.

última notícias

Mais Lidas