Você está aqui: Página Inicial / Saúde e Ciência / 2009 / 12 / Manaus promove caminhada para sensibilizar população sobre direitos de pacientes com HIV

Manaus promove caminhada para sensibilizar população sobre direitos de pacientes com HIV

por Amanda Mota publicado , última modificação 01/12/2009 16h14

O ministro da Saúde durante a apresentação de uma pesquisa sobre a qualidade de vida das pessoas com HIV e aids (Foto: Roosewelt Pinheiro/ABr)

Manaus - O Dia Mundial de Luta contra a Aids será lembrado nesta terça-feira (1º), em Manaus, com uma caminhada no fim da tarde pelas principais ruas do centro da cidade, com o objetivo de sensibilizar a população sobre os direitos e deveres das pessoas que têm HIV.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), na ocasião será distribuído material alusivo à data, como folders, cartazes e camisetas, além de mais de 92 mil preservativos.

A iniciativa na capital do Amazonas está alinhada com a campanha nacional apresentada este ano pelo Ministério da Saúde, que aborda o preconceito sofrido pelos soropositivos. Em Manaus, a ideia é aproveitar o Dia Mundial de Luta contra a Aids para mostrar à sociedade que um paciente com a doença pode ter uma vida normal, ser inserido no mercado de trabalho e também deve ter acesso aos serviços públicos.

Além disso, a Coordenação Estadual de Doenças Sexualmente Transmissíveis do Amazonas quer divulgar orientações necessárias para a prevenção, o diagnóstico e o tratamento dessas doenças.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Amazonas, até outubro de 2009, foram notificados 4.832 casos de aids no estado. A faixa etária mais afetada pelo HIV é a de 20 a 29 anos, com 1.193 casos do sexo masculino e 621 do feminino.

Desse total, Manaus concentra 88,5% dos casos. No interior, os municípios com maior número de pessoas contaminadas são Parintins e Tabatinga.

Fonte: Agência Brasil



registrado em: