avanço importante

Cadastro para vacinação contra a covid-19 pelo WhatsApp começa a valer em São Paulo

Governo paulista anuncia simplificação para o cadastro de vacinação contra a covid-19 com o WhatsApp e deve iniciar as faixas etárias de 65 a 67 anos na próxima semana

Reprodução
Faixas etárias que estão liberadas para vacinação contra a covid-19, agora com possibilidade de cadastro pelo WhatsApp

São Paulo – O governo de São Paulo anunciou hoje (7) que o cadastro para a vacinação contra a covid-19 pode ser feito pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. O site Vacina Já continua ativo, mas muitas pessoas tinham dificuldades no acesso ao sistema, seja por ter de preencher os dados pelo celular ou por falta de planos de dados para acessar a internet. Já no aplicativo, que a maioria das operadoras permite a operação gratuita, o processo será simplificado. O cadastro não é obrigatório, mas evita que seja necessário fazê-lo na hora da vacinação.

Para preencher o formulário no aplicativo, basta adicionar o número: (11) 95220-2923. e mandar um “oi”. Em seguida, o robô que opera o cadastro envia uma lista de opções pelo próprio aplicativo. Para prosseguir com o cadastro basta escolher a opção B e seguir as instruções.

Além do cadastro via WhatsApp, o governo também anunciou a vacinação contra a covid-19 para pessoas com 67 anos, a partir de 14 de abril. E de pessoas com 65 e 66 anos, a partir do dia 21 de abril. Atualmente, estão sendo vacinados os que têm a partir de 68 anos e também os profissionais da segurança pública. A partir da próxima segunda-feira (12), professores, supervisores, diretores e outros trabalhadores da educação a partir de 47 anos também começarão a ser vacinados.

Rapidez

O programa de cadastro para a vacinação contra a covid-19 pelo WhatsApp é fruto de uma parceria entre a proprietária do aplicativo e a Empresa de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp). “É uma parceria inédita, que vai permitir que as pessoas economizem o seu tempo em até 90% entre o cadastro e o momento de se vacinar”, ressaltou a coordenadora geral do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula.

As faixas etárias que serão incluídas somam 1,1 milhão de pessoas. Na segurança são 185 mil profissionais. E na educação serão 350 mil trabalhadores. Considerando todas as faixas etárias incluídas no programa de vacinação até o momento, o estado de São Paulo vacinou pouco mais de 7 milhões de pessoas. Dessas, 5,1 milhões receberam a primeira dose e 1,8 milhões receberam também a segunda dose.


Leia também


Últimas notícias