Geração MPB

Elza, Caetano e Paulinho são vacinados. ‘Quantas famílias sonharam com essa cena, mas não deu tempo’, diz cantora

Os três falaram na importância de tomar a vacina e manter cuidados. Sambista também agradeceu aos profissionais da saúde

Reprodução
Paulinho, Elza e Caetano: alegria por receber a dose, tristeza pelos que não puderam

São Paulo – “Chegou a data para os da minha idade, tomei a vacina”, escreveu Caetano Veloso em rede social. O cantor e compositor, de 78 anos – completará 79 em agosto – tomou a primeira dose (Oxford/AstraZeneca, informou) ontem (4), no Rio de Janeiro. “Sempre acho que vacinar-se é o certo. Em três meses tomo a segunda”, disse, ao lado de sua mulher, e também empresária, Paula Lavigne.

Quem já tomou a segunda dose foi Elza Soares, 90 anos. Ela lamentou pelas vítimas. “Essa doeu! Não na carne, mas no peito. Doeu e dói, quando penso nas pessoas que não terão a mesma chance de tomar a vacina a tempo. Quantas famílias sonharam com essa cena, mas não deu tempo”, escreveu, no Twitter.

“Queria comemorar (a segunda dose), mas não seria justo”, acrescentou Elza. “Meu coração tá com vocês.”

Ainda ontem, o também cantor e compositor Paulinho da Viola tomou sua primeira dose. Ele tem a mesma idade de Caetano – completará 79 em novembro. Em seu Instagram, o sambista afirmou que “a alegria de ser vacinado contrasta com a tristeza de saber que a cada dia tantas vidas estão sendo perdidas”.

Em seguida, ele pediu que as pessoas se cuidem, e agradeceu aos trabalhadores do setor de saúde. “A única ferramenta que temos são os cuidados e a vacina. Não deixe de se vacinar quando chegar a sua vez”, disse Paulinho. “Deixo aqui os meus agradecimentos àqueles que trabalham incessantemente para nos dar esperança, aos profissionais de saúde, ao SUS, ao Instituto Butantan e à Fiocruz. Que mais vacinas cheguem o mais rápido possível a todos os brasileiros.”


Leia também


Últimas notícias