Pandemia

Nicette Bruno morre no Rio vítima de complicações da covid-19

Uma das maiores atrizes da história da TV e do teatro, Nicette Bruno não resistiu à covid-19. É uma das mais de 186 mil vítimas da atual política sanitária

Instagram Beth Goulart
Nicette Bruno e sua filha, a também atriz Beth Goulart

São Paulo – A atriz Nicette Bruno morreu hoje (20) aos 87 anos, vítima de complicações decorrentes da covid-19. Uma das maiores atrizes da história do teatro e da TV, ela lutava contra a doença que já matou mais de 186 mil brasileiros. Estava internada desde 26 de novembro na UTI da Casa de Saúde São José, no Humaitá, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Conforme o boletim médico divulgado pela manhã, o estado de saúde da atriz era considerado “muito grave”. Nicette estava sedada e dependia da ajuda de respirador.

Nicette Bruno será lembrada por fazer parte da infância de muitos brasileiros que assistiram ao Sítio do Picapau Amarelo, no qual interpretou a Dona Benta. E também por diversos outros trabalhos.

Além do talento, a atriz tinha um discurso vigoroso contra o preconceito e a homofobia.

A ex-presidenta Dilma Rousseff lamentou a morte de Nicette.

Neste sábado (19), o Brasil registrou 678 devido à covid-19 nas 24 horas anteriores, elevando o total de óbitos . Com isso o número de mortos passou para 186.365, segundo as secretarias estaduais de Saúde. Já o Ministério da Saúde havia havia registrado 706 mortes nas últimas 24 horas. O número de novas infecções é de 50.177.


Leia também


Últimas notícias