Home Revista do Brasil Revista do Brasil – Edição 88

Revista do Brasil – Edição 88

Violência contra indígenas e trabalhadores rurais cria um país à parte, onde a vida é refém da força dos coronéis

Quem viu há de se lembrar. Quem não viu pode procurar. Ao promulgar a Constituição Federal, em 5 de outubro de 1988, após 20 meses e 320 sessões, o deputado Ulysses Guimarães lembrou do regime de exceção que terminara havia pouco tempo. “Temos ódio à ditadura. Ódio e nojo”, bradou, para em seguida “amaldiçoar” a tirania “onde quer que ela desgrace homens e nações”. Ao mesmo tempo, admitia que não era a Constituição perfeita, mas seria pioneira. Passaram-se 25 anos, o mais longo período de continuidade institucional, com tropeços, sustos, soluços, avanços e mazelas. O Brasil passou pela transição, consolidou a democracia, voltou a eleger seus governantes pelo voto direto – foram seis eleições presidenciais de lá para cá –, mesmo que os políticos sejam alvo de críticas.

Leia aqui o editorial completo