Você está aqui: Página Inicial / Revista do Brasil / Edição 30 / Cosa nostra
Número 30, Dezembro 2008

Resumo

Cosa nostra

por Paulo Donizetti de Souza, Revista do Brasil publicado , última modificação 08/01/2018 12h16
Ohi
charge

A continuidade da Operação Satiagraha por parte da Polícia Federal encontrou indícios que fortalecem as acusações contra o banqueiro Daniel Dantas – lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de operações financeiras, formação de quadrilha etc. Em novo relatório parcial divulgado pela PF, consta a atuação da Agropecu á ria Santa B á rbara Xinguara (PA), empresa criada por Dantas, que de 2005 para cá passou a ostentar um dos maiores rebanhos de gado do mundo. A atividade pode ser uma das máquinas de lavar dinheiro que o Banco Opportunity teria trazido irregularmente ao país a partir de paraísos fiscais nas Ilhas Cayman. Para o ministro da Justi ç a, Tarso Genro, o relat ó rio do inqu é rito da Satiagraha – continuada pelo delegado Ricardo Saadi, substituto de Prot ó genes Queiroz – é “tecnicamente bem-feito”. O contra-ataque do banqueiro é pesado, abastecido com matérias oportunas de Veja , pronunciamentos de políticos e magistrados e uma estratégia jurídica que busca desqualificar as provas, afastar o juiz Fausto de Sanctis e anular as acusações.

Indiciado

Nem o mundo de Caras  está livre das implicações da Lei Maria da Penha, que prevê pena de até três anos de prisão em casos de violência contra a mulher. Em meio a uma relação que “evoluiu” dos afagos públicos de encher as lentes dos paparazzi até acabar em safanões, o ator Dado Dolabella foi indiciado por agressões a sua ex-namorada, Luana Piovani, e à camareira Esmeralda Honório, que também o denunciou por lesão corporal.

Cerco ao racismo

A possibilidade de uma punição mais rigorosa para o Juventude, da Série B do Campeonato Brasileiro, pode ser um divisor de águas no combate ao racismo. A Justiça Desportiva ameaçou tirar o clube do campeonato caso se comprovem denúncias do goleiro Felipe, do Corinthians, de que teria sofrido agressões de conotação racial por parte da torcida. A diretoria do time de Caxias do Sul (RS) manifestou apoio ao goleiro e disposição de ajudar na identificação dos responsáveis, mas a prática tem manchado a história do clube e da cidade. Em março de 2006, o então zagueiro Antônio Carlos (hoje dirigente do Corinthians) foi punido com 120 dias de suspensão por ofensas ao jogador Jeovânio, do Internacional. Um ano antes, o jogador Julio César, do próprio Juventude, acusou a torcida local de hostilizá-lo.

Perigo concentrado

A incorporação do Unibanco pelo Itaú representou um dos empreendimentos mais concentradores do sistema bancário brasileiro nos últimos tempos. A nova instituição terá 18% das contas correntes do mercado, 19% do volume de crédito e 21% do total de depósitos, fundos e carteiras administradas do país. As famílias Setúbal e Moreira Salles festejam as “enormes possibilidades” a serem proporcionadas pelo novo banco de melhorar sua posição no cenário global. E garantiram que para os clientes “nada muda operacionalmente neste momento”. Até o fechamento desta edição, no entanto, não havia sido firmado nenhum compromisso sobre o destino dos mais de 104 mil empregos diretos envolvidos na história – 69 mil da holding Itaú e 35 mil do Unibanco. Levados em conta o total em jogo na aquisição do Real pelo Santander e na anunciada, mas ainda não concretizada, absorção da Nossa Caixa pelo Banco do Brasil, passa de 160 mil o número de funcionários apreensivos, e com razão: as fusões e privatizações estão entre as principais responsáveis pelo extermínio de 170 mil postos de trabalho no setor na década passada. O movimento sindical está tentando obter das autoridades monetárias e do governo federal compromissos de que negócios desse porte sejam calçados em contrapartidas sociais e garantias dos níveis de emprego.

Escravos do etanol

A expansão do cultivo de cana-de-açúcar para produção de etanol tem preocupado os Grupos Móveis de Fiscalização e Combate ao Trabalho Escravo. Os estados de Goiás e Alagoas pela primeira vez aparecem no topo da lista de operações de resgate realizadas por equipes do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), Polícia Federal e Ministério Público do Trabalho. Quatro em cada dez trabalhadores resgatados neste ano (de um total de 3.500) estavam em fazendas desses dois estados, a maioria em propriedades produtoras de cana. “É preciso incentivar a produção de biocombustíveis, mas também cobrar respeito às garantias mínimas dos trabalhadores, que hoje estão morrendo de exaustão nos canaviais”, afirmou Giuliana Cambauva Cassiano, do MTE.

Questão de escolha

No início da década passada, 45% do PIB brasileiro correspondia à renda dos trabalhadores. De 1990 a 1996, essa participação caiu para 38%. Daí até o ano 2000, iniciou uma recuperação, superando os 40%. De 2001 a 2004, nos dois últimos anos da era FHC e nos dois primeiros da era Lula, o peso dos salários no PIB voltou a cair para 39%. Entre 2005 e 2006, a participação do trabalho nas riquezas do país voltou a andar em ritmo de alta, aproximando-se de 41%. De acordo com estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a renda do trabalho pode recuperar o mesmo patamar de 1990 até 2011. Para tanto, menciona o estudo, é preciso reduzir as despesas públicas com juros e ampliar os investimentos em saúde, educação e no estímulo à continuidade do crescimento econômico.

registrado em: