Curta essa dica

Diretor de ‘Batismo de Sangue’ lança agora aventura adolescente

Confira também CD infantil de Zeca Baleiro, um ‘road movie’ nacional e celebrações a Inezita Barroso, Mafaldo e à periferia

Divulgação
O Segredo dos Diamantes

Helvécio Ratton, o mesmo diretor que reproduziu horripilantes cenas de tortura nos porões da ditadura no longa-metragem Batismo de Sangue (2007), lança agora uma trama adolescente cheia de aventura. O Segredo dos Diamantes, que tem previsão de estreia neste 18 de dezembro, conta a história de Angelo (Matheus Abreu), um garoto de 14 anos que vai atrás de uma antiga lenda sobre diamantes para salvar a vida do pai (Nivaldo Pedrosa), que sofreu um traumatismo craniano em um acidente de carro e precisa ser transferido para um hospital maior. A única saída para salvá-lo é encontrar os diamantes escondidos por um misterioso padre há mais de dois séculos. Para isso, Angelo vai contar com a ajuda de dois amigos e juntos eles terão de enfrentar o vilão Silvério (Rui Rezende), que não vai desistir tão fácil de colocar as mãos no tesouro.

Bicharada de Baleiro

A Serpente que Queria Ser Pente, Girafa Rastafari, Maria Fedida, Morcego Sanfoneiro. A bicharada está solta na primeiro volume da série Zoró – Bichos Esquisitos, de Zeca Baleiro. O cantor e compositor maranhense chamou um time peso-pesado para seu primeiro disco infantil. Tom Zé tem participação especial em Dona Libélula, Fernanda Abreu participa da “balada” Joaninha Dark, MPB4 empresta as vozes a O Hipopótamo e tem ainda Blubell, Azira E e Tetê Espíndola, Chico Lobo, Wado, Walter Franco e Diogo Franco. O álbum foi lançado em versão digital, em CD e em breve deve sair em DVD. Em média R$ 25.

Amizade para superar o luto

Uma passagemn para MarioO diretor cearense radicado no recife Eric Laurence percorreu cerca de 6.300 quilômetros para fazer o documentário Uma Passagem Para Mário, que estreou em novembro em circuito nacional e que poderá ser exibido gratuitamente em cineclubes de todo o Brasil. O road movie de 77 minutos é sobre amigos e superação da morte. A ideia nasceu quando o diretor e seu amigo Mário Duques começaram a planejar uma viagem para o deserto do Atacama, no Chile. Mas Mário não resistiu ao câncer contra o qual lutava há quatro anos e o filme acaba virando uma emocionante homenagem à amizade. Para exibir Uma Passagem Para Mário em um cineclube, basta escrever à produção pelo email no site.

Inezita BarrosoRainha caipira

Prestes a completar 90 anos, em março de 2015, Inezita Barroso ganhou um presente adiantado. O livro Inezita Barroso – Rainha da Música Caipira (Ed. Kelps, 212 págs.) é narrado em primeira pessoa pela própria artista para o jornalista Carlos Eduardo Oliveira, autor do texto final. Na obra, ela relembra sua trajetória e os obstáculos que teve de enfrentar para que seu cancioneiro triunfasse ante a falta de espaço artístico. Ela resgata casos que envolvem o apresentador Silvio Santos, o presidente Juscelino Kubitschek e o sanfoneiro Luiz Gonzaga, e conta como Roberto e Erasmo Carlos destruíram e salvaram a carreira dela na época da Jovem Guarda. Tantos anos e tanto talento, renderam à Inezita não só reconhecimento, mas também saborosas histórias. R$ 31,50.

Mundo Mafalda

O Mundo de MafaldaPersonagem mais famosa do cartunista argentino Quino, a rebelde Mafalda completou 50 anos no final de setembro. Para celebrar a data, ela ganhou a exposição O Mundo de Mafalda, que já passou pelo México, Chile, pela Costa Rica, Argentina e chega no dia 16 de dezembro na Praça das Artes, na capital paulista. A mostra que faz parte do Circuito São Paulo de Cultura apresenta todo o universo da menina mais contestadora, pacifista e libertária de todos os tempos nas histórias em quadrinhos. Estarão em cartaz até 28 de fevereiro desenhos originais, reproduções de cenários, vídeos e fotografias. De terça a sábado, das 9h às 20h, na Avenida São João, 281, em São Paulo. Informações: circuitospdecultura.prefeitura.sp.gov.br. Grátis.

 

Primeira perifa

Do Valongo à Favela (MAM)Todo o terceiro andar do Museu de Arte do Rio (MAR) foi ocupado pela pela exposição Do Valongo à Favela: Imaginário e Periferia, que conta a história da região onde hoje estão os bairros da Saúde e da Gamboa. A mostra resgata uma história de exclusão e examina como foi sendo formado o imaginário cultural dessa periferia. Por meio de um percurso que apresenta antigas imagens do lugar e suas atividades, a exposição coloca a periferia no centro do interesse da arte e expande os limites geográficos que a originaram. De certa forma, ela coloca em evidência o encontro – ou o desencontro – da África com o Brasil. Até 1° de fevereiro, às terças das 10h às 19h, com entrada gratuita, e de quarta a domingo, das 10h às 17h, na Praça Mauá, 5, no Centro da capital carioca. R$ 4 e R$ 8. Informações aqui.