Curta essa dica

Clássico e revolucionário

Para ler, ver, ouvir, assistir e curtir. Neste mês, James Joyce, Neil Young, Muppet e muito mais

capadicas

Ulisses, livro

O clássico Ulisses, do irlandês James Joyce, foi relançado pela Editora Objetiva. A tradução de Bernardina da Silveira Pinheiro, professora emérita da Universidade Federal do Rio de Janeiro e pós-doutorada na obra de Joyce, manteve o registro coloquial do inglês usado por Joyce, tornando-a bastante acessível. O livro é o primeiro de uma série que a editora pretende lançar sob o selo Clássicos Modernos. Inspirado na Odisséia, do grego Homero, Ulisses foi escrito no início do século passado e conta toda a história de um homem, Leopold Bloom, em um único dia. Joyce revolucionou a linguagem da literatura mundial, usando formas novas de expressão. A descrição das intimidades de Bloom, em pleno alvorecer do século 20, fez com que o livro fosse banido de alguns países.

Projeto Releituras

É um sítio sem fins lucrativos que divulga trabalhos de escritores nacionais e estrangeiros, “buscando, sempre que possível, seu lado humorístico, satírico ou irônico”. Foi criado e é mantido por Arnaldo Nogueira Jr., um aposentado que tinha por hobby trocar textos via internet com os amigos. Um amigo enviou para outro, que enviou para outro e logo Arnaldo reuniu parceiros para construir seu projeto. O sítio é muito bem-organizado. É possível encontrar material de grandes  e consagrados escritores e também de gente nova. Um link com o porta-curtas da Petrobras permite assistir alguns dos curta-metragens patrocinados pela empresa. (www.releituras.com)

Neil Young, na íntegra, na Net

Neil Young, edicao2

Chegou ao Brasil Living With War, de Neil Young, álbum que está causando polêmica por defender o impeachment do presidente dos EUA e atacar a guerra do Iraque. É uma paulada de rock em Bush na qual o cantor demonstra seu apoio às manifestações antiguerra. Young quis aumentar o impacto do disco e disponibilizou-o na íntegra na internet. Para ouvir, basta entrar no site oficial do cantor (www.neilyoung.com)

Muppet a qualquer hora

Muppets

A primeira temporada do clássico infantil pode ser apreciada agora em DVD. São 24 episódios que trazem as primeiras histórias de Caco, o sapo, da charmosa Pig, do hilário Fozzie entre outros. O Muppet Show foi criado em 1976 e apresentado em mais de 100 países. Ganhou diversos prêmios Emmy e se tornou um marco na história dos programas infantis, daqueles que nenhum adulto gosta de perder.

Canções que transformam

O Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, fundada em 1984, em Belo Horizonte, MG, que tem como missão promover educação popular e o desenvolvimento comunitário a partir da cultura. Para cumprir esta missão, o CPCD desenvolve projetos que já se tornaram referência de qualidade, exemplo de desenvolvimento sustentado e alternativa eficaz na implementação de políticas públicas e sociais.

roda que rola cd

O CD Roda que Rola é a materialização de um desses projetos. Apresentado em uma caixinha redonda de madeira, traz no repertório 21 canções do folclore do Vale do Jequitinhonha – batuques negros, tiranas medievais, cocos, cantigas de roda – e da MPB, como Chico, Caetano, Gil, Edu Lobo, Dorival Caymmi, Villa-Lobos e Fernando Brant. O disco é rico em pesquisa. Combina o valor cultural da região com novos arranjos para músicas conhecidas, em emocionantes interpretações das crianças. O CD (R$ 20) pode ser pedido pela internet: www.cpcd.org.br

Criatividade para sempre

Leve, de fácil leitura e muito curioso, o livro de Tom Philbin, As 100 Maiores Invenções da História (Ed. Bertrand), reúne algumas invenções que mudaram a vida da humanidade para sempre: o avião, o relógio, a pólvora, a bicicleta, o telefone, a televisão, o computador… E retrata as mudanças sociais acarretadas por cada uma dessas criações.

Mistério e suspense em casa

As histórias da detetive Miss Marple, personagem criada por Agatha Christie, estão reunidas em uma caixa de DVDs que chegou às lojas há pouco tempo. Muitos acham que os livros da rainha do suspense não devem ir parar na telona, mas os quatro filmes dessa coleção, dirigidos por George Pollock nos anos 60, desmentem. As histórias são: Crime É Crime; Quem Viu, Quem Matou; Sherlock de Saias e Assassinatos à Bordo.

Amizade no ar

livro caçador de pipas

O Caçador de Pipas (Nova Fronteira), de Khaled Housseini, é de rir, chorar, perder o fôlego. O livro conta a história de Amir, filho de um rico empresário afegão, e de seu amigo Hassan, pobre e de outra etnia. Os dois são loucos por histórias antigas de grandes guerreiros, filmes de caubói e pipas. A trajetória de Amir guarda elementos comuns com a do próprio autor. Housseini nasceu em Cabul em 1965 e se refugiou nos EUA depois da invasão do país pela ex-URSS. Formado em medicina, Housseini escreveu o livro em sua casa, na Califórnia. Nunca voltara ao Afeganistão até o lançamento da obra. Em entrevista, o autor afirmou: “Infelizmente, o que vi por lá era pior do que aquilo que imaginei e narrei. A destruição do país é impressionante, muito triste”.