Você está aqui: Página Inicial / Rádio / Programas / Jornal 2009-2016 / 2016 / 02 / Lei Antiterrorismo cria mecanismos para a criminalização de movimentos sociais, afirmam entidades
Agora
No Dial FM: 93,3 (litoral paulista) 98,9 (grande São Paulo) 102,7 (noroeste paulista)

Lei Antiterrorismo cria mecanismos para a criminalização de movimentos sociais, afirmam entidades

Mais de 100 entidades, entre movimentos sociais, sindicais, estudantis e outras organizações assinaram manifesto em repúdio a aprovação da Lei Antiterrorismo pela Câmara Federal. Na avaliação desses movimentos, a nova lei abre espaço para a criminalização de manifestações de rua e outras formas de protestos pela garantia de direitos. Essa lei foi aprovada em votação simbólica, na Câmara Federal, no dia 24 de fevereiro. Reportagem de Camila Salmazio. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil.