Você está aqui: Página Inicial / Rádio / Programas / Jornal 2009-2016 / 2013 / 10 / Documentos comprovam propinas a agentes públicos no caso Siemens
Agora
No Dial FM: 93,3 (litoral paulista) 98,9 (grande São Paulo) 102,7 (noroeste paulista)

Documentos comprovam propinas a agentes públicos no caso Siemens

Documentos do Ministério Público suíço mostram que João Roberto Zaniboni, ex-diretor de operações e manutenção da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos recebeu, entre o fim do governo Mário Covas e o início da gestão Alckmin, 800 mil dólares em uma conta em Genebra, na Suiça.

Os depósitos foram feitos de 22 de setembro de 1999 a 20 de dezembro de 2002. Nesse período, o Ministério Público informa que Zaniboni autorizou três contratos de reforma de trens da CPTM no valor atualizado de 450 milhões de reais.
Os extratos bancários que comprovam o pagamento de propina foram enviados ao Brasil pelo Ministério Público da Suiça. Reportagem Vera Rodrigues