Você está aqui: Página Inicial / Rádio / Programas / Jornal 2009-2016 / 2011 / 08 / Ativistas organizam ato para lembrar 40 anos da morte de jornalista pela ditadura
Agora
No Dial FM: 93,3 (litoral paulista) 98,9 (grande São Paulo) 102,7 (noroeste paulista)

Ativistas organizam ato para lembrar 40 anos da morte de jornalista pela ditadura

Um ato para lembrar a tortura e morte do jornalista Luiz Eduardo Merlino em julho de 1971, no DOI-Codi paulista, um dos centros de tortura mais temidos da ditadura militar nas décadas de 60 e 70, foi realizado no último sábado, 30, no Memorial da Resistência, em São Paulo. O coronel do Exército Carlos Alberto Brilhante Ustra é acusado pelas testemunhas de ser o responsável pelas sevícias e pelo assassinato do jornalista.