Fora Bolsonaro

Vídeo pressiona Congresso por impeachment de Bolsonaro. “Mais de 350 mil eleitores na cova, é esse seu legado?”

Vídeo do Artigo 5º cobra deputados e senadores sobre apoio ao presidente Jair Bolsonaro e questiona: “a política do Centrão é ter sangue nas mãos?”

Reprodução

São Paulo – “Nobre deputado, o senhor vai ficar calado. Mais de 350 mil eleitores na cova. Sua urna aprova?” Assim começa, irônico, o vídeo de um minuto e meio produzido pelo Movimento Artigo 5º como protesto pelo apoio de centenas de parlamentares aos horrores promovidos pelo governo de Jair Bolsonaro. “E o senhor, senador, senadora? É este seu legado? Um país asfixiado por falta de comida no prato, de renda mínima, de leito, de oxigênio, de vacina?”

O vídeo lembra que o Brasil conta mais de 4 mil mortos por dia pela covid-19, os tais “eleitores na cova”, e critica. “E os senhores de braço cruzado. Ou isso agrada aos aliados?”. Outra questão é colocada: “A política do Centrão é ter sangue nas mãos? Cadê sua humanidade, nobre deputado, nobre deputada? Ou pelo menos sua vaidade, sua glória. Os senhores vão ser mesmo capangas desse retrocesso? De um executivo incompetente, de um mercado desalmado? Vão ficar lambendo bota de militar aposentado?”

Diga com quem andas

“O Movimento Artigo 5º (quinto) foi criado por um grupo de artistas brasileiros em defesa da liberdade de expressão e contra qualquer ameaça de volta à censura no Brasil”, informa o site do grupo. “É um movimento coletivo espontâneo e suprapartidário do qual participam cineastas, atores, grupos artísticos, diretores, escritores, profissionais da moda, gestores culturais, jornalistas e advogados de todo o país que trabalham voluntariamente pelo respeito à Constituição Brasileira, nascida em berço democrático, vital para existência das atividades criativas e para a preservação do direito de ir e vir, ser e existir e da liberdade de pensar e se expressar.”

“Diga-me com quem andas, que te direi quem tu és. Eu não sei se foram informados, mas é como genocida que o president que vossas excelências apoiam já ficou eternizado”, sentencia o video, ao pedir o impeachment de Bolsonaro ao final.

Assista: