Mais um passo

Para defesa de Lula, decisão do STF sobre conteúdo da Vaza Jato reforça suspeição de Moro

Ministro Ricardo Lewandowski autorizou acesso da defesa de Lula às mensagens trocadas entre procuradores da Lava Jato e reconheceu autenticidade

Ricardo Stuckert - Lula Marques
Defesa de Lula deve ter acesso ao material dentro de até dez dias. Peritos da Polícia Federal atestaram a integridade dos dados que podem servir para provar suspeição de Moro

São Paulo – A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva considera “um aspecto importante” a liberação do acesso às mensagens trocadas entre procuradores da Lava Jato. A decisão foi proferida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski. O ministro determinou nesta segunda-feira (28/12) que a 10ª Vara Federal Criminal do DF assegure ao ex-presidente Lula acesso a mensagens da Vaza Jato obtidas pela Operação Spoofing. A operação diálogos entre integrantes da Lava Jato – como o ex-juiz Seergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol – interceptados por hackers. Em seu despacho, Lewandowski cita relatório da Polícia Federal que mostra que os dados da Vaza Jato apreendidos foram periciados e tiveram autenticidade comprovada.

Fraude que tirou Lula das eleições precisa ser anulada, diz deputada

A RBA apurou que a defesa do ex-presidente ainda espera ter acesso ao conteúdo. As gravações foram divulgadas em primeira mão pelo The Intercept Brasil, na chamada Vaza Jato. “Esse é um aspecto importante para o HC (o Habeas Corpus 164493) que trata da suspeição do ex-juiz Sergio Moro”, diz a defesa de Lula, destacando que esse HC foi impetrado em novembro de 2018 e não se baseia na Vaza Jato. “E sim nos fatos que colecionamos ao longo do tempo e que mostram a parcialidade de Moro. Mas em 2019 pedimos ao STF para que levasse em consideração também a Vaza Jato e seu teor público e notório.”

Mensagens autênticas

A defesa de Lula afirma que ainda não sabe quando a decisão do ministro Lewandowski será efetivamente cumprida nem quando terá acesso às mensagens. “De qualquer forma, a decisão reconhece que as mensagens já divulgadas são fidedignas”, ressalta. O ministro Lewandowski cita, em sua decisão, relatório da Polícia Federal que informa terem sido devidamente periciados os dados apreendidos e a autenticidade comprovada. “A decisão do Ministro reforça que as mensagens são autênticas e reforça o caráter probatório da Vaza Jato – que são públicas e notórias e por isso podem e devem serem levadas em consideração no julgamento da suspeição.”

A defesa de Lula afirma ainda que, tão logo consiga acesso aos arquivos, fará uma análise para verificar quais mensagens serão relevantes para reforçar ainda mais a suspeição de Moro. “Um aspecto importante é que a suspeição de um juiz está configurada sempre que houver dúvida sobre a sua imparcialidade. No caso do ex-juiz Moro estamos no campo da certeza – antes mesmo dessa nova decisão do ministro.”


Leia também


Últimas notícias