TVT e RBA

Assista aqui ao penúltimo debate entre candidatos à prefeitura de São Paulo

Foi o primeiro em TV aberta em horário nobre da cidade. Rádio Brasil Atual, OAB-SP e Uninove co-organizaram o debate entre candidatos de São Paulo

Reprodução

São Paulo – A TVT transmitiu hoje (11) o sexto debate entre candidatos a prefeito na região metropolitana de São Paulo exibidos pela emissora. Foi o primeiro debate em horário nobre, em canal aberto, da corrida eleitoral na maior cidade do país. Foram convidados todos candidatos de partidos que possuem pelo menos cinco deputados na Câmara, requisito determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Participaram Orlando Silva (PCdoB), Marina Helou (Rede), Jilmar Tatto (PT), Arthur do Val -Mamãe Falei (Patriota) e Joice Hasselmann (PSL). Guilherme Boulos (Psol) não pôde comparecer devido a compromissos anteriormente assumidos. O atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), não respondeu, enquanto Celso Russomano (Republicanos) e Márcio França (PSB) recusaram o convite.

O evento na TVT teve organização compartilhada com a Rede e Rádio Brasil Atual, a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) e a Uninove. Além da transmissão da TVT, o debate entre os candidatos a prefeito de São Paulo poderá ser visto no portal UOL e também aqui, na RBA.

O último debate em TV aberta entre os candidatos à prefeitura de São Paulo será exibido nesta quinta (12), pela TV Cultura, às 22h.

São Paulo é o maior colégio eleitoral do Brasil. A metrópole de 12 milhões de habitantes tem 8.986.687 aptos a votar, de acordo com o TSE. O eleitorado é majoritariamente feminino (54,2%). A parcela predominante de eleitores tem de 45 a 59 anos (24%).

Para votar, os eleitores precisam comparecer à seção portando documento com foto. Devido à pandemia de covid-19, a máscara será obrigatória nos colégios, e recomenda-se levar sua própria caneta para assinar o comprovante de voto.

Série bem-sucedida

Nos últimos dias, a TVT e a Rádio Brasil Atual transmitiram debates entre os candidatos às prefeituras de Guarulhos, Mauá, Santo André, São Bernardo do Campo e Osasco. O debate previsto para os candidatos em Diadema acabou sendo cancelado, após obtenção de liminar na Justiça pelo PSL local, que contestou o regulamento, o mesmo adotado nos demais municípios.