Quase decidido

Pesquisa Datafolha reafirma Paes com larga margem no Rio de Janeiro

Datafolha mostra o candidato Eduardo Paes (DEM) com 68% dos votos válidos, contra 32% de Marcelo Crivella (PRB), na véspera da eleição no Rio de Janeiro

EBC
Pesquisa aponta que Eduardo Paes lidera com 39%, seguido pelo atual prefeito Crivella, com 20%

São Paulo –  Pesquisa Datafolha para a prefeitura do Rio de Janeiro divulgada hoje (28) reafirma a larga vantagem do candidato Eduardo Paes (DEM), com 68% dos votos válidos, contra 32% de Marcelo Crivella (PRB), na véspera da eleição. Nos votos totais, Paes tem 55% e Crivella 26%. Os votos em branco e nulos caíram de 21% para 16%. E os indecisos subiram de 2% para 4%.

Na última pesquisa do Datafolha para a prefeitura do Rio de janeiro, divulgada na quinta-feira (26), Eduardo Paes aparecia com dois pontos percentuais a mais que no levantamento de hoje. Eram 70%, contra 30% de Marcelo Crivella.

O Ibope ouviu 1.204 eleitores na capital fluminense. O nível de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Debate na Globo

Na sexta-feira, foi realizado o último debate da corrida eleitoral entre os dois candidatos, veiculado pela Rede Globo. Com a grande desvantagem nas pesquisas, Marcelo Crivella atacou duramente Eduardo Paes, inclusive anunciando uma suposta prisão do rival.

“Eduardo Paes vai ser preso, e digo isso com o coração partido. E vai porque cometeu os mesmos erros de Cabral e Pezão. Ele vai ser preso”, disse, logo no início do encontro. “Vocês vão perceber o desespero do candidato. Ele vai usar esse tom a noite inteira e eu quero tratar de propostas para a cidade. E ele morre de medo de ser preso quando aquele Rafael Alves, do QG da Propina, começar a falar”, rebateu Paes.


Leia também


Últimas notícias