compromisso histórico

Lula e Dilma declaram apoio a Boulos. ‘São Paulo contra o ódio’

Boulos enfrenta o tucano Bruno Covas em segundo turno pela prefeitura de São Paulo. Lula e Dilma pedem voto do campo progressista

Reprodução/Brasil de Fato
Dilma: "O voto em Boulos e Erundina representa a luta do campo progressista de São Paulo e do Brasil contra o ódio, a mentira e a intolerância"

São Paulo – Depois de PT e PCdoB anunciarem apoio ao candidato do Psol à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, lideranças políticas começaram a se posicionar nas redes. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ex-presidenta Dilma Rousseff publicaram mensagens de apoio pessoal ao candidato da esquerda. Boulos enfrenta o candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), em segundo turno, no dia 29.

Lula destacou a importância de uma vitória de Boulos para o reestabelecimento da normalidade democrática no Brasil. “Todos que querem restabelecer a democracia no Brasil têm agora o compromisso histórico de votar no companheiro Guilherme Boulos para prefeito de São Paulo”, disse.

O ex-presidente pediu a “todos os eleitores e eleitoras que votam no PT, todos os eleitores que são de esquerda, todos os eleitores progressistas” dedicação à campanha de Boulos.

Apoio da presidenta

A ex-presidenta Dilma Rousseff (PT) seguiu na mesma linha. “O voto em Boulos e Erundina representa a luta do campo progressista de São Paulo e do Brasil contra o ódio, a mentira e a intolerância.”

Para a ex-presidenta, Boulos e Luiza Erundina oferecem “a chance de construir uma SP mais justa, inclusiva e atenta aos direitos dos mais pobres e dos que mais precisam. #Boulos50.”