Redes sociais

Apoiadores e lideranças impulsionam hashtag #BouloseErundina50 no Twitter

Campanha chegou a ser a mais mencionada na rede social, às 11h15, e segue entre as cinco mais comentadas

Mídia Ninja
Por volta das 8h50 de hoje, Guilherme Boulos apareceu na varanda de sua casa, no Campo Limpo, na zona sul da capital, com um cartaz com os dizeres 'Vamos virar'

São Paulo – Eleitores e lideranças políticas demonstraram apoio ao candidato à prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (Psol), neste domingo (29), por meio da hashatag #BouloseErundina50, no Twitter. A campanha chegou a ser a mais mencionada na rede social, às 11h15, e segue entre as cinco mais comentadas.

Por volta das 8h50 de hoje, Guilherme Boulos apareceu na varanda de sua casa, no Campo Limpo, na zona sul da capital, com um cartaz com os dizeres “Vamos virar”. Diagnosticado com covid-19, o candidato não poderá comparecer à zona eleitoral e está em quarentena. Entretanto, Boulos se mostrou bem disposto e, indagado sobre seu estado de saúde, limitou-se a dizer: “Gente, vou evitar falar. Estou bem”, afirmou.

Por meio da hashtag, diversas personalidades declaram voto e apoio ao candidato do Psol. “Votei 50, seguro de ter feito a melhor escolha”, publicou o petista e ex-prefeito da capital paulista Fernando Haddad, usando a tag #BouloseErundina50.

Busca pela virada

Às vésperas do segundo turno em São Paulo, o candidato Guilherme Boulos (Psol) domina as buscas no Google. A empresa norte-americana publicou um levantamento, neste sábado (28), que mostra que o psolista tem 73% das pesquisas feitas nas últimas 24 horas, contra 27% do rival, Bruno Covas (PSDB).

A pesquisa Datafolha para prefeitura de São Paulo, divulgada ainda ontem, mostra o candidato do PSDB, Bruno Covas, com 55% dos votos válidos, contra 45% do candidato Guilherme Boulos, no segundo turno da eleição municipal. O levantamento mostra uma pequena variação dos candidatos, dentro da margem de erro: na quinta-feira (26), Covas tinha 54% e Boulos 46%.

Nos votos totais, Bruno Covas tem 48% e Guilherme Boulos tem 39%. Os votos brancos e nulos somam 9% e os que ainda não sabem em quem vão votar são 4%. O número de brancos/nulos e eleitores indecisos é o mesmo do levantamento anterior da pesquisa Datafolha para a prefeitura de São Paulo.


Leia também


Últimas notícias