Vitória

Araraquara: petista Edinho Silva ratifica favoritismo e conquista mais um mandato

Prefeito também foi ministro durante o governo Dilma

Elza Fiúza/Agência Brasil
Edinho Silva vai para o quarto mandato em Araraquara

São Paulo – Com indefinição durante parte da apuração, Edinho Silva (PT), 55 anos, confirmou seu favoritismo e conseguiu a reeleição em Araraquara, no interior paulista. Será seu quarto mandato. Com todos os votos apurados, ele recebeu 48.405 (46,09%), ante 37.774 (35,97%) dados ao ex-vereador Dr. Lapena (Patriota).

O petista se destacou entre as autoridades públicas com melhor desempenho no enfrentamento à pandemia da covid-19. Edinho formou coligação com PP, PSC, PL, PSD, SD e PCdoB. Seu vice é o empresário Damiano Neto (PP).

Formado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara e mestre em Engenharia de Produção na Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), Edinho Silva nasceu em Pontes Gestal, na região de São José do Rio Preto. Mudou-se para Araraquara aos 4 anos. Tem três filhos. Foi vereador e três vezes prefeito, eleito em 2000, 2004 e 2016. Também foi deputado estadual e presidiu o PT em São Paulo. No governo Dilma, ocupou a Secretaria de Comunicação Social.

Entre os demais candidatos, Professor Coca Ferraz (PSL) teve 8.033 (7,6%). Em seguida, Coronel Adalberto (Republicanos) teve 2,67% e Célio Peliciari, do Psol, 2,28%. Dr. Lapena (Patriota). As abstenções superaram os 30% (31,14%). Votos em branco somaram 5,03% e nulos, 9,13%.