afronta

Com papel de partido político e censura editorial, mídia ameaça a democracia

Ao esconder pautas essenciais da sociedade, a mídia enviesa a narrativa dos fatos, assume lado e confronta democracia brasileira

reprodução
Lalo Leal: "As restrições à livre circulação de ideias e informações crescem. Fatos revelam como canais atuam nesta forma atualizada de censura. Primeiro, o silêncio assustador da mídia em torno do programa de reconstrução do país apresentado pelo Partido dos Trabalhadores"

Barão de Itararé – É sorrateira e insinuante a expansão da censura no Brasil de hoje. Não temos, por ora, a censura policial da ditadura de 64. Mas as restrições à livre circulação de idéias e informações crescem e as conseqüências vão se tornando parecidas. Dois casos recentes ilustram este cenário. O relatório sobre a censura praticada na Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e o lançamento do Plano Nacional de Transformação e Reconstrução do Brasil, do PT. Ao esconder tais pautas da sociedade, a mídia reafirma seu papel de partido político. Assista ao #DeOlhoNaMidia desta quarta-feira (23), apresentado pelo professor Lalo Leal. Confira o vídeo do #CanalDoBarao: