Fechados com o Planalto

Partido Podemos, de Alvaro Dias, é o mais fiel a Bolsonaro na Câmara dos Deputados

Em seguida vem o Patriotas, que aderiu a projetos governistas em 90% das ocasiões. PSL (85%) e PSDB (81%) estão em terceiro e quarto lugares na lista, de acordo com levantamento do Congresso em Foco

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Apesar da relação turbulenta com a Câmara, governo Bolsonaro conseguiu aprovar projetos do seu interesse

São Paulo – Levantamento realizado pelo site Congresso em Foco, com base na plataforma Parlamentria, aponta o Podemos, partido que lançou à presidência da República o ex-tucano Alvaro Dias em 2018, como a legenda mais fiel a Bolsonaro nas votações da Câmara dos Deputados.

Com 92% de adesão aos projetos governistas, a agremiação de 11 deputados ficou pouco acima dos cinco parlamentares do Patriotas. Os deputados da legenda que lançou a candidatura de Cabo Daciolo nas eleições presidenciais de 2018 aderiu às matérias governistas em 90% das ocasiões.

Na lista de mais leais ao Planalto na Câmara seguem o PSL, partido pelo qual Bolsonaro foi eleito, com 85% de adesão. Na sequência estão o PSDB (81%), PTB (78%), PSC (78%), MDB (77%), DEM (77%), Cidadania (74%), PL (74%), PSD (74%), Novo (71%) e PP (67%).

Entre os principais projetos aprovados pela Casa em 2019 estão alguns da agenda econômica do ministro da Economia Paulo Guedes, como a “reforma” da Previdência Social e reforma da Previdência dos militares.

No Senado, também de acordo com o Congresso em Foco, os mais leais a Bolsonaro são o PL (99%), DEM (98%), PP (97%), PSC (97%) e MDB (95%).


Leia também
Governo usou dados falsos ao defender reforma da Previdência
• ‘Reforma da Previdência tem absurdos cruéis. Foi mal escrita’, afirma Eduardo Moreira
Primeiro ano de Bolsonaro aumentou riscos à vida dos brasileiros
Projeto que libera compra de até 10 armas para policiais pode beneficiar milícias, alerta MPF
Sem excludente de ilicitude e prisão após segunda instância, pacote anticrime é aprovado na Câmara