Home Política Assassinato de presidente do Psol em Xapuri (AC) alerta para agravamento da violência
Violência e barbárie

Assassinato de presidente do Psol em Xapuri (AC) alerta para agravamento da violência

Josimar da Silva Conde foi morto na reserva extrativista Chico Mendes, na quarta (20). Pelas redes sociais, representantes partidários cobram investigações sobre o caso
Publicado por Clara Assunção
13:59
Compartilhar:   
Reprodução

Josimar da Silva Conde havia disputado como vice-prefeito nas eleições em 2016. Crime teria sido cometido por disputa de terra

São Paulo – O presidente do Psol em Xapuri, no Acre, Josimar da Silva Conde, foi encontrado morto nesta quarta-feira (20). De acordo com a Polícia Civil e fundadores do partido, o Tripinha, como era conhecido, foi assassinado na região do seringal Barra, colocação Campo Verde, área dentro da Reserva Extrativista Chico Mendes. O corpo do líder regional foi resgatado nesta quinta (21).

Segundo informações do jornal local, Ac24horas, a polícia já tem um suspeito quanto à autoria do crime, cometido por conta de um desentendimento entre a vítima com o assassino sobre a linha divisória entre as duas propriedades na reserva. Josimar teria ido tratar sobre os limites entre as duas propriedades, quando foi atingido por um tiro de espingarda. O autor do disparo fugiu na sequência, mas um funcionário de Josimar ainda conseguiu vê-lo antes e o descrever à Polícia, que procura pelo homem conhecido como “Chico Doido”.

Em entrevista ao UOL, o presidente do PSOL no Acre, Jamyr Rosas, também confirmou que os moradores de Xapuri, onde também foi morto o sindicalista, seringueiro e ambientalista Chico Mendes, atribuem o crime a uma disputa de terras em um seringal da cidade.

Josimar, aliás, além de presidente do diretório municipal do Psol, também havia se candidato ao cargo de vice-prefeito nas últimas eleições municipais e foi um dos fundadores do partido na cidade. Tinha uma loja no ramo de mecânica e peças de motocicletas, e também se dedicava à produção de borracha na reserva extrativista.

Diversos representantes legislativos, pelo Twitter, lamentaram a morte do líder regional. A deputada federal Luiza Erundina (Psol-SP) cobrou investigações e lembrou que o assassinato é mais um caso de violência que acomete o campo. “Grave demais essa notícia. Além da nossa solidariedade a família, nosso anseio de que esse crime seja rapidamente apurado. Chega de tanta violência e barbaridade”, comentou.

O também deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), líder do partido, prestou solidariedade à família de Josimar, em nome do bancada. “Mais um brutal assassinato de um militante político. Que esse crime seja esclarecido rapidamente e os responsáveis sejam penalizados na forma da lei!”, cobrou o parlamentar. O PSTU também manifestou solidariedade diante do assassinato e exigiu “imediata apuração deste crime bárbaro e punição aos culpados”.

Em nome da direção nacional do Psol, o presidente nacional da sigla, Juliano Medeiros, também endossou seu pedido por justiça e reiterou que o partido não irá “esperar mais 600 (dias) para saber porque um dos nossos tombou e qual a natureza do crime”, em referência ao caso da vereadora pela legenda, Marielle Franco, assassinada no dia 14 de março de 2018, ao lado do motorista Anderson Gomes, cuja as investigações, mais um ano depois, ainda não respondeu quem foram os mandantes do crime.

Nesta quinta, após o assassinato vir à tona, o Psol divulgou lembrando a trajetória do líder regional.

Confira a nota do partido

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) manifesta seu pesar frente ao brutal assassinato do presidente municipal do PSOL em Xapuri (Acre), Josimar da Silva Conde, ocorrida na tarde da última quarta-feira, dia 20 de novembro.

Carinhosamente conhecido na cidade como “Tripinha”, Josimar foi candidato a vice-prefeito e um dos fundadores do partido no município de Xapuri. Sua trajetória e dedicação foram muito importantes para a construção dos ideais de sociedade justa e livre que acreditamos.

Expressamos nossas condolências à família e ao povo de Xapuri pela perda que também nós sentimos. Desejamos força e conforto neste momento de sofrimento.

Rio Branco – Acre, 21 de Novembro de 2019. Diretório Estadual do PSOL
Partido Socialismo e Liberdade