Home Política Moro será questionado sobre conversas com Dallagnol no Senado dia 19
Depoimento

Moro será questionado sobre conversas com Dallagnol no Senado dia 19

Ministro da Justiça apareceu de surpresa no Congresso e foi chamado de "juiz corrupto". Na semana que vem irá à Comissão de Constituição e Justiça
Publicado por Eduardo Maretti, da RBA
19:50
Compartilhar:   
Michel Jesus/Câmara dos Deputados

São Paulo – O ministro da Justiça, Sergio Moro, irá depor na quarta-feira da semana que vem (19) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, para dar sua versão sobre a troca de mensagens com o procurador da República Deltan Dallagnol. A informação foi anunciada pelo presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-SP), no plenário.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a data foi agendada por acordo entre Alcolumbre e os líderes da oposição. “Ele escreveu uma carta se colocando à disposição e nós aceitamos ouvi-lo na próxima semana”, afirmou o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), de acordo com a jornalista.

Os diálogos de Moro com Dallagnol, divulgados pelo The Intercept Brasil no domingo (9), provocaram forte reação de lideranças da oposição. Em coletiva na tarde desta segunda-feira (10), deputados defenderam o afastamento de Moro do cargo de ministro, de Deltan Dallagnol e dos procuradores envolvidos no escândalo.

Além disso, eles anunciaram que pediriam à Procuradoria-Geral da República que os telefones funcionais, laptops e computadores fossem recolhidos, por serem instrumentos de trabalho públicos, “para que provas não sejam destruídas e tenhamos garantia da plena investigação”.

Hoje, no Senado, Moro apareceu de surpresa para um encontro com os senadores Jayme Campos (DEM-MT), Zequinha Marinho (PSC-PA), Juíza Selma (PSL-MT), Marcos Rogério (DEM-RO) e Jorginho Mello (PL-SC). A visita foi tumultuada. Ao deixar a reunião, o ex-juiz da Lava Jato foi hostilizado com gritos de “juiz corrupto” e “qual é o seu partido, Moro?”