Home Política Governo Bolsonaro é ‘uma coisa montada para a morte’, diz Jessé Souza

Governo Bolsonaro é ‘uma coisa montada para a morte’, diz Jessé Souza

Em seu canal no Youtube 'O Brasil no Espelho', sociólogo discute “o apoio irracional" ao presidente e diz que o racismo brasileiro é equivalente ao do sul dos Estados Unidos
Publicado por Eduardo Maretti, da RBA
10:14
Compartilhar:   
Reprodução

"A quem interessa a destruição e a morte? Como compreender objetivos tão irracionais?"

São Paulo – Em seu canal no Youtube O Brasil no Espelho, o sociólogo Jessé Souza publicou nesta sexta-feira (7) uma discussão sobre “o apoio irracional a Bolsonaro”. Segundo ele, é fundamental entender a relação irracional da sociedade com o atual presidente e compreender a distorção da realidade representada pela sua ascensão ao poder.

“A gente tende a achar a ação humana racional quando obedece a certos interesses econômicos. Por exemplo, (quando se) vota em alguém que acha que vai contribuir para (a pessoa) ganhar mais dinheiro. A gente compreende uma ação dessas. Mas como compreender um cara que não tem projeto?”, questiona.

Ele considera as ações do governo que tomou posse em 1° de janeiro como protagonista de “uma necrofilia liberal”. “Só pensa em matar, cortar. Uma coisa montada para a morte. A quem interessa a destruição e a morte? Como compreender objetivos tão irracionais?”

Para Souza, a massa de apoiadores de Bolsonaro é equivalente aos brancos do sul dos Estados Unidos, extremamente conservadores, racistas e violentos. “Nós temos esse racismo também entre nós”, diz. Essa parcela do eleitorado brasileiro é composta por uma baixa classe média, que ganha entre dois e três salários mínimos, até seis ou sete, avalia. “O pobre remediado, que só tem isso e viu o povo negro e pobre ascendendo à universidade. Por conta disso está havendo esse corte (de verbas na educação). Por conta disso pode-se matar negro.”

Veja o programa: