Home Política Conselho do Ministério Público pede investigação de conversas de Dallagnol com Moro
Enquadro

Conselho do Ministério Público pede investigação de conversas de Dallagnol com Moro

Conselheiros dizem que não cabe fazer juízo prévio do conteúdo, porém deve-se apurar se houve violação dos princípios do juiz e do promotor natural
Publicado por Felipe Mascari
15:19
Compartilhar:   
Arquivo EBC/Abr

São Paulo – Membros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) encaminharam pedido à Corregedoria do órgão, nesta segunda-feira (10), de investigação  da conduta e do conteúdo das conversas feitas pelo procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz Sergio Moro.  A manifestação se dá após o vazamento de conversas dos integrantes da Operação Lava Jato, divulgado pelo The Intercept Brasil.

No documento entregue, quatro conselheiros dizem que não cabe fazer juízo prévio do conteúdo, porém deve-se apurar se houve violação dos princípios do juiz e do promotor natural, além de se houve respeito à vedação político-partidária, como exige o cargo. “Em primeiro lugar, precisamos verificar se o conteúdo das mensagens divulgadas é verdadeiro. Caso isso se confirme, o CNMP não pode deixar de examinar o assunto”, diz o conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello, ao jornal Folha de S.Paulo.

Entre as irregularidades, publicadas na reportagem do Intercept,  está a adoção de estratégias, por parte dos procuradores, para manter o processo do ex-presidente Lula com eles. Pela lei, procuradores não podem conduzir investigações para manter os processos em suas mãos pois isso violaria o princípio do promotor natural.

Leia o requerimento enviado ao CNMP

reprodução

Cópia do requerimento que pede apuração da conduta de Deltan Dallagnol na força tarefa da Lava Jato